17/04/2024

Google encerra ‘Arquivo dos Álbuns’ e restringe suporte ao app Google Drive

Além do buscador, a Apple também anunciou a descontinuação do recurso ‘Meu Compartilhamento de Fotos’ em iPhones e iPads.

Nesta quarta-feira (19), o Google desativou a ferramenta “Album Archive”, que é o serviço de armazenamento de fotos da empresa e permite visualizar e gerenciar conteúdos de mídia de vários produtos da companhia, como os antigos Hangouts e Picasa. Desde esta que o conteúdo não pode mais ser acessado no “Arquivo dos Àlbuns”.

De acordo com a empresa, os conteúdos que estavam armazenados no serviço serão excluídos. Vale ressaltar que o “Arquivo dos Álbuns” não tem relação com o Google Fotos, nem outros conteúdos armazenados em outras plataformas, que continuam funcionando. Outras aplicações, como a Conta do Google e o Blogger também estarão disponíveis.

Além do “Album Archive”, o Google anunciou que o aplicativo Google Drive não será mais disponibilizado para algumas versões do sistema Windows. A previsão é que a mudança ocorra no mês de agosto. Dessa forma, se você usa a ferramenta para armazenar e compartilhar arquivos, tais como documentos, vídeos, fotos, planilhas e muitos outros conteúdos, é importante ficar atento para perder seus documentos e salvá-los em outro local.

Com a mudança, os usuários de determinado sistema operacional não conseguirão sincronizar seus arquivos salvos em nuvem ou fazer backups no aplicativo. O Google Drive não será mais suportado no Windows 10 (32 bits), Windows 8 e Windows 8.1. Nesses casos, a versão web ainda ficará disponível para acesso, além de que, os usuários podem atualizar o sistema para o Windows 11 ou utilizar o Windows 10 de 64 bits, que tem suporte garantido até 2025.

Apple também encerrará ferramenta de fotos

A Apple anunciou que irá apagar permanentemente os arquivos que estão salvos no “My Photo Stream” (Meu Compartilhamento de Fotos) em iPhones e iPads. Com o recurso, quando alguém tirava uma foto, ela era armazenada automaticamente na nuvem, pelo período de 30 dias, além de ser salvada no próprio dispositivo.

Agora, a partir de 26 de julho, os arquivos serão excluídos e o serviço encerrado. A Apple explica que a descontinuação do “Meu Compartilhamento de Fotos” não significa que as fotos serão pedidas, pois continuarão no dispositivo. Entretanto, não poderão mais ser acessadas em outro aparelho, uma vez que não estarão mais na nuvem.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários