09/04/2024

Japão vai usar o ChatGPT para diminuir burocracia

Governo do Japão pretende usar a nova ferramenta de inteligência artificial, o ChatGPT, para ajudar em processos burocráticos.

O Governo do Japão vai usar o ChatGPT para ajudar na burocracia. Após a participação da ferramenta na política japonesa, em que membros da oposição usaram o bot para questionar o primeiro-ministro Fumio Kishida, a tecnologia da OpenAI está novamente em destaque no país. 

ChatGPT Japão

O Ministro da Agricultura, Florestas e Pescas, Tetsuro Nomura, anunciou em uma coletiva de imprensa na terça-feira, dia 18, que está usando a tecnologia para simplificar documentos.

Segundo o parlamentar, citado pela Bloomberg, o objetivo é atualizar documentos públicos disponíveis online e tornar os processos burocráticos mais simples. 

No entanto, isso será feito com cautela, pois há preocupações de que informações confidenciais possam ser incorporadas ao machine learning do robô e, consequentemente, vazadas em novas conversas.

Nouma destacou que, por enquanto, a Inteligência Artificial (IA) ainda não alcançou o nível de desenvolver projetos governamentais revolucionários, como criar plataformas de administração ou campanhas políticas. Portanto, não há nada “grande” sendo feito no momento.

Apesar das polêmicas, o ChatGPT tem ganhado espaço em diversos ambientes

No final de março, ChatGPT surgiu pela primeira vez nas discussões políticas do Japão, quando Kazuma Nakatani, do Partido Democrático Constitucional (PDC), admitiu ter usado o chatbot para se preparar para questionar Kishida, do partido opositor, em um debate sobre medidas contra a Covid-19. 

Agora, é o governo japonês que está adotando a tecnologia para tornar seus regulamentos mais acessíveis e compreensíveis para o público em geral – uma tendência crescente na era da inteligência artificial. 

Simplificar esses documentos oficiais pode ajudar as pessoas a entender informações complexas sobre áreas que não estão familiarizadas.

ChatGPT também chamou a atenção nos Estados Unidos em abril, quando Joshua Browder recebeu um reembolso de $210 do governo da Califórnia com a ajuda do chatbot. 

Ele perguntou ao robô se poderia encontrar algum dinheiro dele, e recebeu orientações sobre como verificar valores pendentes no site do governo – foi assim que descobriu a quantia. Essa experiência pode ser um indicativo de como a tecnologia pode simplificar processos nos EUA.

2 COMENTÁRIOS

Se inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários