14/04/2024

Vivo é uma das 10 operadoras mais sustentáveis do mundo, segundo ranking da S&P

Ao atender um dos critérios avaliado no estudo, a operadora cita a Fundação Telefônica Vivo, que beneficiou 2,7 milhões de pessoas em 2021.

De acordo com o ranking Global Corporate Sustainability Assessment (CSA) da S&P divulgado nesta quarta-feira (19), a Vivo (Telefônica Brasil) ficou entre as dez companhias de telecomunicações mais sustentáveis do mundo, totalizando 86 ponto no ranking e crescendo cinco em relação ao ano anterior e conseguido atender 14 critérios dos 25 ESG avaliados.

A estratégia de impostos está entre os critérios que a operadora conseguiu atender, o que compreende os “compromissos formais com ética e transparência fiscal, a exemplo do código de ética e da divulgação de informações tributárias no Relato Integrado da companhia“. Segundo a operadora, ela avançou 36% no seu desempenho nesse indicador.

No critério em governança corporativa e “cidadania corporativa e filantropia”, houve aumento de 24%, que segundo a Vivo ocorreu por causa da renovação do conselho de administração, com composição mais diversa e com número de conselheiros independentes maior. A operadora também menciona a Fundação Telefônica Vivo, explicando que somente em 2021, foram beneficiadas 2,7 milhões de pessoas com as iniciativas da entidade.

Já no indicador “relacionamento com clientes” o aumento foi de 20%, enquanto nos de “segurança da informação, cibersegurança e disponibilidade” e de “atração e retenção de talentos”, o avanço registrado foi de 18%.

“A avaliação da S&P reflete a consolidação de nossas práticas Ambientais, Sociais e de Governança (ESG), alinhadas à estratégia da companhia, com um Plano de Negócio Responsável composto por mais de 100 indicadores. São metas de curto, médio e longo prazo, que impulsionam a geração de impacto positivo e valor para a empresa e para a sociedade”, declarou em comunicado o VP de Relações Institucionais e Sustentabilidade da Vivo, Renato Gasparetto.

A Vivo também faz presença em outros rankings, como o da B3 Standard & Poor’s ESG, ficando entre as dez empresas da lista e no índice de sustentabilidade da própria B3, estando repreende pelo nono ano com pontuação crescente.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários