13/06/2024

Celular da rainha Elizabeth 2ª era Samsung e tinha apenas 2 contatos

Smartphone da monarca tinha criptografia anti-hacker do MI6, agência secreta de inteligência do Reino Unido, contra pessoas mal intencionadas.

Nesta quinta-feira (08), o mundo recebeu a notícia do falecimento da rainha Elizabeth 2ª, aos 96 anos. Ela tinha uma smartphone pessoal secreto, que curiosamente, não utilizava para se comunicar com os outros membros da família, pois continha apenas dois contatos principais: a princesa Anne, sua filha, e o gerente de cavalos de corrida da família real, John Warren.

Conforme alguns detalhes citados pelo correspondente, Jonathan Sacerdoti, especialista em assuntos relacionados à família real, o aparelho era bastante protegido contra acesso de pessoas mal intencionadas, por ter criptografia anti-hacker do MI6, a agência secreta de inteligência do Reino Unido. Embora não cite a marca do aparelho, tudo indica que se tratava de um smartphone Samsung.

Ao Daily Mirror, Sacerdoti disse que a rainha tinha contatos frequentes com Warren, “Ele é genro de um amigo dela, o falecido conde de Carnarvon. Sua casa era o castelo Highclere em Berkshire, que alguns telespectadores podem conhecer melhor como o cenário de Downton Abbey“, revelou.

Devido a sua apreciação pelas corridas de cavalos, modalidade que investiu por mais de 70 anos, a rainha Elizabeth 2ª acabou se aproximando ainda mais dele ao longo dos anos. Warren tinha um prestígio muito grande com a monarca britânica, a ponto de ser a única pessoa que poderia falar com ela de qualquer lugar do planeta e em qualquer momento. “Se Warren ligasse, ela atendia”, afirmou Sacerdoti.

A princesa Anne é a única filha mulher de Elizabeth II com o Duque Philip. As duas eram bem próximas e compartilham, inclusive, a paixão por cavalos. Até usar roupas com cores semelhantes, elas faziam, segundo a imprensa local.

Quanto à marca do smartphone, desde o século XV, a família concede autorizações oficiais para empresas fornecerem produtos de diferentes tipos. A Samsung, tem um “Royal Warrant” desde 2012, e um selo correspondente é mostrado com orgulho no site da empresa voltado para o Reino Unido. Em maio deste ano, a certificação foi renovada por mais alguns anos.

Com base nisso, é possível que a Samsung esteja presente em outros itens dos cômodos das residências reais, itens como televisores e eletrodomésticos, além de outros dispositivos móveis.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários