Brasil tem mais de 350 cidades sem cobertura 4G

Segundo dados da Anatel compilados pela Abrint, Minas Gerais é o estado com o maior número de localidades sem cobertura 4G.

De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as operadoras de telefonia móvel devem implementar o 5G em todas as capitais até o dia 29 de setembro deste ano. Na semana passada, já iniciaram os testes em Brasília, primeira cidade a ter a rede ativada no Brasil.

No entanto, enquanto algumas cidades estão prontas ou se preparando para receber a nova tecnologia, no Brasil, ainda existem 391 municípios que nem sequer têm cobertura 4G. Ou seja, 7% das cidades do país, conforme dados da Anatel compilados pela Associação Brasileira de Infraestrutura para Telecomunicações (Abrintel).

No edital do 5G é determinado que as empresas devem implantar o 4G nas cidades que ainda não tem a quarta versão de internet móvel. Arthur Igreja, especialista em Tecnologia e Inovação, explica que essa obrigação é uma notícia boa, mas aponta que há um problema de estrutura no Brasil.

“Isso evidencia o tamanho das desigualdades no acesso a essas tecnologias que são elementares e básicas. Isso ficou muito claro na pandemia, especialmente em relação ao ensino. Algumas crianças conseguiram se conectar com altíssima qualidade e muito rapidamente, enquanto outras simplesmente não tinham nenhuma forma de acesso. Espero que esses mesmos lugares também recebam a tecnologia 5G tão logo seja possível”, disse.

Conforme prevê o edital, deverão receber o sinal 4G 7.340 localidades, como distritos vilas, áreas da zona rural, que não tem qualquer cobertura ou que possui apenas cobertura 3G.

De acordo com o presidente da Abrintel e do Movimento Antene-se, Luciano Stutz, afirma que, neste momento, que talvez seja mais importante a previsão da implantação do 4G do que o 5G. “É mais importante incluir pessoas no ciclo de conectividade do 4G do que esperar a chegada do 5G somente depois de 2025”, diz.

“Não só de 5G vive o edital. Localidades que são afastadas dos centros dos municípios, ou não têm cobertura, ou só possuem o 3G, vão passar a ter melhor cobertura. Isso pode significar o pequeno agricultor vendendo seu produto para além da vizinhança, crianças com acesso a conteúdo inéditos e melhorias na educação, por exemplo”, conclui.

Ainda de acordo com o edital, até 31 de dezembro de 2023, a instalação do 4G deve ser feita em 10% das localidades que ainda não têm cobertura, sendo as empresas que têm até 31 de dezembro de 2028 para realizar a cobertura 100% dessas cidades.

Quantidades de cidades por estado

Conforme os dados, o estado de Minas Gerais possui o maior número de cidades que ainda não tem cobertura 4G, com 110 no total. Em seguida aparecem Rio Grande do Sul (61), Santa Catarina (53), Mato Grosso (24), Goiás (22), Paraná (21), São Paulo (15), Tocantins (14), Rio de Janeiro (14) e Pernambuco (11).

Nessa lista também estão presentes os seguintes estados: Mato Grosso do Sul (7), Ceará (6), Amazonas (6), Espírito Santo (4), Rio Grande do Norte (3), Rondônia(3), Piauí (3), Paraíba (3), Sergipe (2), Roraima (2), Pará (2), Amapá (2), Acre (1), Alagoas (1) e Bahia (1).

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore. E-mail para contato: [email protected]

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
2
0
O que você acha? Comente!x