23/05/2022

WhatsApp está desenvolvendo uma versão com plano de assinatura

Novidade foi descoberta pelo site WABetaInfo ao verificar a interface na seção 'Aparelhos conectados' em preparação para contas comerciais.

De acordo com o site WABetaInfo, o WhatsApp está desenvolvendo uma versão paga do seu aplicativo, provavelmente destinadas para contatos comerciais, onde serão oferecidos recursos exclusivos para esse setor, como usuários pagantes que poderia ter até 10 dispositivos conectados à mesma conta, uma vez que atualmente o número máximo é quatro.

No meio corporativo, essa função que poderá ser muito útil, pois facilitará o atendimento simultâneo pelo computador. Tal novidade foi descoberta pelo site na nova interface para a seção “Aparelhos conectados” em preparação exclusiva para contas WhatsApp Business, onde é incentivado o uso da ferramenta para facilitar a comunicação da empresa com clientes num mesmo chat.

Na seção, o WhatsApp usa uma descrição completamente diferente para vários dispositivos nesta interface renovada, alegando que você pode adicionar vários dispositivos à conta para que diferentes pessoas da empresa possam conversar com um cliente no mesmo bate-papo.

Ainda não há informações quais serão as outras vantagens exclusivas para pagante do WhatsApp Business, tampouco qual seria o valor da assinatura. No entanto, segundo WABetaInfo, a versão paga do aplicativo será totalmente opcional e os usuários de contas comerciais gratuitas poderão continuar usando o mensageiro livremente.

O WABetaInfo acredita que a versão por assinatura do WhatsApp será exclusiva para contas comerciais. Ou seja, para evitar que a barreira de pagamento seja burlada, os usuários comuns da plataforma não terão acesso às ferramentas extras.

A nova plataforma ainda está em fase de construção, uma vez que nem mesmo os testadores têm acesso a ela. Levando em consideração que se trata de uma ferramenta muito importante para a estrutura do mensageiro, o WhatsApp deve disponibilizar o recurso para experimento público após um anúncio formal.

Vale ressaltar que essa versão por assinatura do WhatsApp business abre portas para monetização do aplicativo. Atualmente, por ser uma base altíssima de usuários e não exibir propagandas públicas e não cobrar pelo seu uso, a plataforma tem sofrido com a falta de espaço para gerar dinheiro.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários