Meta não realizará conferência F8 este ano: ‘pausa para se preparar para o metaverso’

Nome "Meta" é uma referência a um “metaverso”.

Meta, a empresa anteriormente conhecida como Facebook, não realizará a conferência F8 para desenvolvedores em 2022. A medida ocorre depois que o Facebook F8, que a gigante social usou para apresentar novas iniciativas, foi realizado virtualmente em 2020 e 2021 por causa da pandemia do COVID.

facebook-perde-usuarios-acoes-meta-caem
Foto: Reprodução Internet

A Meta está “pausando” a F8 este ano “enquanto nos preparamos para novas iniciativas, todas sob medida para o próximo capítulo da internet, e o próximo capítulo de nossa empresa também: construindo o metaverso“, disse Diego Duarte Moreira, diretor de desenvolvimento e programas de startups para o Facebook.

Ele acrescentou: “Semelhante aos estágios iniciais da web, construir o metaverso será um esforço colaborativo em cada estágio – com outras empresas, criadores e desenvolvedores como você”.

A Meta planeja realizar seu evento Connect ainda este ano, onde “compartilharemos as últimas novidades sobre nossas ofertas de plataforma VR, AR e metaverse”, de acordo com Moreira.

No Connect 2021, em outubro, o CEO Mark Zuckerberg revelou Meta como o novo nome da empresa, com a missão de “dar vida ao metaverso”. Para o ano inteiro, a Meta reportou uma perda de US$ 10,2 bilhões em seu segmento Reality Labs – abrangendo seus negócios de hardware, software e conteúdo de consumo de realidade aumentada e relacionados a VR – com receita de US$ 2,27 bilhões. Zuckerberg havia dito anteriormente que a Meta investiria cerca de US$ 10 bilhões em projetos de metaverso para 2021.

Na ocasião, Zuckerberg revelou por que a escolha do nome Meta. A visão da empresa é fazer uma referência a um “metaverso”, que significa um mundo de avatares e espaços virtuais. Zuckerberg explica que o termo vem do grego metá, na tradução significa ir além, ou também “seguir em frente”.

Além disso, a Meta agendou o dia 19 de maio para seu evento inaugural de mensagens de negócios, Conversations, que está ocorrendo virtualmente. Mais de 1 bilhão de usuários se conectam a uma conta comercial nos serviços de mensagens da Meta toda semana, de acordo com a empresa.

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x