20/05/2022

Prefeitura de São Paulo e Fundação Lemann firmam acordo para levar internet às escolas públicas

Programa de Conectividade de Escolas espera levar conectividade para as escolas da rede pública com qualidade de padrões internacionais.

Nesta quinta-feira (13), a Prefeitura de São Paulo e a Fundação Lemann assinaram um acordo de cooperação para executar o Programa de Conectividade de Escolas. O objetivo da união é garantir que até 2023, todas as unidades da rede pública municipal tenham internet “com qualidade de padrões internacionais”.

Por meio de comunicado, a Lemann afirmou que irá oferecer “apoio técnico para desenhar e implementar o plano de melhorias de conectividade para cada escola e ajudar as escolas de São Paulo a se conectarem ao mundo digital“, como explicou a gerente de conectividade da fundação, Cristieni Castilhos. Recentemente, a empresa lançou um programa de apoio às secretarias de educação na implantação da banda larga para usar no ensino pedagógico.

Em parceria com o Ministério da Educação, será instalado um software gratuito desenvolvido pelo NIC.Br, o Medidor Educação Conectada, que será utilizado para realizar um diagnóstico da qualidade do serviço de internet em cada escola.

O Programa de Conectividade de Escolas pretende promover a melhoria da velocidade contratada e “garantir internet apropriada para o uso pedagocico”. Além disso, o programa também prevê a compra de equipamento de infraestrutura de internet e de conectividade necessários para tal.

LEIA TAMBÉM:

–> 5G estará funcionado em 85% das escolas até 2028, segundo ministro das Comunicações

–> Anatel extingue acordo com a Fundação Lemann para levar internet às escolas públicas

–> Prefeitura de SP pretende colocar wi-fi em escolas e postos de saúde

O processo de monitoramento será público com os dados do Medidor, uma vez que há um projeto piloto em funcionamento na Diretoria Regional de Educação de São Mateus. A Prefeitura espera alcançar escolas nas outras 12 diretorias paulistanas.

No comunicado, Castilho afirmou que

“Ao conectarmos as escolas com internet de qualidade estamos dando oportunidade aos alunos da escola pública de estarem conectados com o mundo digital, garantimos maior equidade. As ferramentas digitais são importantes aliadas também para que a escola possa reduzir as defasagens causadas pela pandemia na aprendizagem. A escola conectada é boa para o aluno e também para o professor”.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários