Pirataria: Operadora notifica cliente por baixar Linux via torrent

Usuário foi advertido por uma suposta violação de direitos autorais, incluindo a possibilidade do corte do serviço de internet.

Pirataria: Operadora notifica cliente por baixar Linux via torrent

Um usuário dos Estados Unidos alegou no Reddit que recebeu da operadora Comcast uma notificação extrajudicial de violação de direitos autorais.

O problema é que a suposta violação de copyright está relacionada ao download via protocolo BitTorrent de uma versão do Ubuntu Linux, um sistema operacional de código aberto para computadores e que é distribuído de graça e legalmente na internet pela desenvolvedora Canonical.

Nos Estados Unidos, é comum que empresas enviem avisos extrajudiciais a clientes que baixam conteúdos piratas.

Entretanto, os sistemas antipirataria utilizados não são perfeitos, podendo ocorrer falsas acusações, como foi o caso do usuário que baixou a versão do Linux.

VEJA TAMBÉM:

–> Brasileiros estão recebendo cobranças por download ilegal de filmes

–> IPTV: ABTA lança mais uma campanha contra a pirataria da TV Paga

–> Anatel alerta varejistas sobre a venda ilegal de produtos piratas

A queixa de quebra de direitos autorais partiu da empresa OpSec Security, da Alemanha, que cruzou o endereço de IP do usuário e notificou a operadora americana.

“Nós recebemos uma notificação do proprietário [dos direitos autorais] sobre uma violação durante ou pelo uso do seu serviço de internet Xfinity [subsidiária da Comcast]”, disse a empresa.

No Reddit, o cliente da Comcast questionou se isso era algum tipo de piada, uma vez que por meio de uma busca no Google pelo hash do arquivo torrent informado na notificação é possível confirmar que ele leva ao download do sistema Linux.

Apesar do erro óbvio, a operadora adverte que pode cortar os serviços de internet do usuário caso ele continue a baixar arquivos ilegais.

Notificação enviada pela Comcast ao usuário. Imagem: TorrentFreak

Sobre a violação, o usuário diz que não pretende entrar em contato com a Comcast.

“Eu realmente não quero arriscar que eles desliguem meu acesso à Internet por causa dessa coisa estúpida, então provavelmente vou simplesmente ignorar”, afirmou.

O protocolo BitTorrent surgiu em 2001, revolucionando o compartilhamento de arquivos por meio do sistema ponto a ponto (P2P), o que facilitou a transferência em massa de grandes arquivos entre usuários.

Apesar de ele ser muito associado à pirataria de músicas, filmes e séries, o BitTorrent também é utilizado para compartilhar arquivos legais, sem a quebra de direitos autorais, como é o caso de versões dos sistemas operacionais Linux.

Com informações de Tecnoblog e TorrentFreak.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários