Brasil é um dos países que mais usam celular pré-pago

Levantamento mostra que brasileiros fazem quase o dobro de recargas do que os norte-americanos ou britânicos.

De acordo com a empresa de recargas Ding, o Brasil é um dos países que mais possuem usuários utilizando créditos para uso em celular pré-pago.

A constatação foi divulgada por meio do relatório Ding Global Prepaid Index (GPI), que entrevistou 7 mil pessoas no Brasil e em oito países (Estados Unidos, Reino Unido, França, Arábia Saudita, Emirados Árabes, Catar, Indonésia e Filipina).

Segundo estudo, mais de 60% dos brasileiros utilizaram créditos de celular pré-pago nos últimos seis meses.

Essa taxa é superior à média mundial (53%) e é quase o dobro de países como Estados Unidos e Reino Unido.

VIU ISSO?

–> Melhor que o TIM Beta, novo plano pré-pago da Oi oferece 25GB por R$ 25 ao mês

–> Claro foi a que mais adquiriu clientes na telefonia móvel em janeiro

–> Aplicativo do Sicoob movimentou R$ 72 milhões em recargas durante 2020

Para 90% dos entrevistados no Brasil, a flexibilidade de uso é o principal motivo para contratar planos pré-pagos.

Apenas 4% disseram que a escolha foi por falta de opção melhor na telefonia pós-paga.

O estudo também mostrou que apenas um em cada quatro brasileiros têm o costume de enviar créditos de recarga para amigos ou familiares.

Geralmente, a prática é utilizada para garantir que eles possam falar com os seus contatos.

Já no Catar e nas Filipinas, por exemplo, este hábito de enviar créditos para conhecidos é utilizado por 59% e 45% dos usuários, respectivamente.

“Durante a pandemia, essa tendência se acelerou não apenas devido à incerteza financeira, mas também porque muitos não puderam ver seus entes queridos pessoalmente devido ao distanciamento social e às restrições às viagens internacionais”, diz a CEO da Ding, Mark Roden.

Telefonia móvel no Brasil

De acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em janeiro de 2021, o Brasil registrou 235,4 milhões de linhas ativas na telefonia móvel, uma densidade de 97,9 acessos para cada 100 habitantes.

Deste total, 51% dos usuários utilizavam planos pós-pago (120,0 milhões de usuários) e 49% pré-pago (115,3 milhões).

Com informações de R7.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
8 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários