Rede Globo passa a ser uma empresa de tecnologia e conteúdo

Publicação da marca esclareceu a nova identidade empresarial do grupo; entenda os próximos passos.

Imagem: Grupo Globo

As coisas definitivamente mudaram para a Rede Globo. Em novo posicionamento, a empresa agora se define como uma “mediatech”.

A nova nomenclatura chega para representar a união das empresas TV Globo, Globosat, Globo.com, Som Livre e DG Corp em um único lugar.


É uma nova identidade que acompanha também a nova marca visual do grupo, que agora ganha tons coloridos e 2D, diferente da antiga, que fez a empresa ganhar o apelido de “vênus platinada”.

No comunicado, fica explicado que o termo é utilizado para falar de empresas que tem conteúdo e tecnologia no coração do negócio.

VIU ISSO?

–> Globo, Disney, Warner e SBT vão disputar direitos da Champions

–> Globo se manifesta após nova queda de braço com Bolsonaro

–> Não para! Globoplay adiciona mais afiliadas da TV Globo

Curiosamente, o Globoplay não é listado na publicação como parte da união, mas todas as imagens destacam a presença do streaming, portanto, pode ser apenas um erro de inclusão.

Para a marca, após tantos anos definida como um conglomerado midiático, é uma repaginada histórica e alinhada aos novos tempos.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

Um bom indicativo de que os esforços, a partir de agora, estarão concentrados na parte tecnológica em uma mesma proporção que no conteúdo, considerado o “ganha-pão” do grupo.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
16 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários