Algar Telecom inaugura a sua segunda usina solar

Operadora espera atender 90% do consumo energético das suas unidades de baixa tensão em Minas Gerais.

A Algar Telecom anunciou que colocou em operação a sua segunda usina solar, batizada de Capim Branco II, localizada no município de Uberlândia/MG.

O projeto tem parceria com as empresas Pacto Energia, Argon Energias e Alsol, proprietárias da usina, e Energias Renováveis, responsável pela operação e manutenção do ativo.


Com a Capim Branco II, a Algar Telecom pretende atender 90% da necessidade energética das unidades da operadora de baixa tensão em Minas Gerais, elevando o uso de energias renováveis da companhia para 65%.

Além disso, com a nova ativação, o uso de energia fotovoltaica sobe de 18% para 33%.

“A busca pela sustentabilidade, junto com fatores como o aumento das tarifas e a redução no preço da energia solar ao longo da última década, vem estimulando os investimentos na geração fotovoltaica”, explica Luis Andrade Lima, vice-presidente de operações, tecnologia e evolução digital da Algar Telecom.

A nova usina ocupa uma área de 7,93 hectares, conta com 17.820 painéis fotovoltaicos e tem potência de 5,9 MWp.

Por ano, a Capim Branco II deve gerar 9.415 MWh, capacidade para abastecer 5 mil residências, considerando o consumo médio do brasileiro de 159 kWh/mês.

A Algar Telecom começou a investir em energia renovável em 2011, começando a gerar energia solar fotovoltaica a partir de 2013.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

A usina Capim Branco, que fornece energia para 280 estações da operadora em Minas Gerais, foi inaugurada em 2018.

Com informações de Assessoria de Imprensa Algar Telecom.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários