Sercomtel pretende leiloar bens nesta sexta-feira

Endividada, operadora estatal busca levantar capital para reestruturação de suas operações.

Nesta sexta-feira, 3, às 9h30, a operadora Sercomtel pretende leiloar dois terrenos situados em áreas nobres de Londrina (PR). A licitação ocorrerá na modalidade concorrência, na qual adquire o bem aquele que fazer o maior lance por lote.

O leilão será realizado no Parque de Operações da Sercomtel, situado na Rua Fernão de Magalhães, 383, Bairro Aeroporto, em Londrina.


O lote 1, com 12.784,25 m², está situado na Rua Maria Alves Bergamo, próximo ao Catuaí Shopping e à Universidade Norte do Paraná (UNOPAR). O lance mínimo é R$ 4,7 milhões.

Já o lote 2, localizado na Avenida Higienópolis, próximo ao Lago Igapó, cartão-postal de Londrina, possui 9.874,82 m² de extensão dividido em dois lotes, sendo um com área de 8.401,25m² e outro com 1.473,57 m². O valor mínimo é R$ 19,15 milhões.

Os bens serão entregues aos compradores sem quaisquer ônus e no estado atual de conservação.

Maiores detalhes dos terrenos a serem leiloados podem ser acessados no edital da licitação.

VIU ISSO?

–> Sercomtel espera receber R$ 29 milhões com venda de imóveis

–> Sercomtel completa 51 anos hoje; conheça seu passado e futuro

–> Operadoras de telefonia fixa devem à União mais de R$ 3 bilhões

A operadora estatal enfrenta dificuldades financeiras e corre o risco de perder suas licenças de prestação de serviços de telecomunicações. Em janeiro, a Prefeitura de Londrina tentou privatizar a Sercomtel, mas não surgiram empresas interessadas no leilão. Uma nova tentativa deve ser feita em agosto.

Recentemente, a operadora sinalizou à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) o interesse migrar sua concessão para o regime de autorização, previsto na nova Lei Geral das Telecomunicações. Entretanto, a mudança ainda não pode ser realizada, pois o procedimento ainda não foi regulamentado.

[ATUALIZAÇÃO – 03/07/2020 14h47]:

Na manhã desta sexta-feira, 3, a Sercomtel concluiu a venda de dois de seus terrenos. Com o leilão, a companhia vai receber quase R$ 24 milhões, que serão aplicados como capital de giro da empresa.

Os dois lotes foram comprados por grupos de empresas de Londrina (PR) e região.

Com informações de Assessoria de Imprensa Sercomtel.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários