AT&T terá que tentar nova estratégia para permanecer dona da SKY

PL que modifica a Lei da TV paga e autoriza a compra da Time Warner pela gigante operadora americana está travada; entenda o motivo.

Reprodução SKY
Imagem: Reprodução SKY

Quando tudo parecia caminhar para finalmente termos a resolução do imbróglio que envolve AT&T, SKY e Warner, as coisas complicam ainda mais. Dessa vez, o nome da Rede Globo surgiu como uma preocupação do mercado.

A PL 3.832, que tira a proibição da propriedade cruzada na TV por assinatura, segue com tramitação travada. Tudo indica que as responsáveis são as operadoras e emissoras de TV.


O projeto de lei que altera a Lei da TV paga é uma necessidade para a gigante operadora americana AT&T. A marca tenta há anos concluir a compra da empresa de mídia Time Warner, mas o Brasil segue como um empecilho.

Por aqui, a legislação impede que uma corporação detenha empresas de distribuição e produção de conteúdo. O motivo é para que não haja vantagem ou discriminação frente à concorrência.

No caso da AT&T, se a compra for aprovada, a companhia será dona dos canais Warner (HBO, Cartoon Network, TNT e outros) e da SKY aqui no Brasil. A americana tenta conseguir uma aprovação pela Anatel sob o argumento de que a sede da Time Warner está localizada nos Estados Unidos.

Mas a demora da agência fez com que marca buscasse outro meio: uma alteração na Lei da TV paga, que atualmente impede a propriedade cruzada.

A restrição já atrapalhou até mesmo um importante grupo de mídia brasileiro, a Rede Globo. A gigante emissora carioca precisou abrir mão da sua participação na NET (hoje Claro net tv) e SKY.

VIU ISSO?
AT&T está disposta a fechar canais no Brasil para não perder SKY
Entenda a influência da família Bolsonaro no futuro da AT&T e SKY
Fundo investidor da AT&T defende venda da SKY

Portanto, uma mudança na legislação pode favorecer SKY, AT&T, Globo e até mesmo serviços de streaming.

Por isso, uma articulação das operadoras de telecomunicações e emissoras concorrentes pode ser o motivo da tramitação do projeto de Lei que fará a mudança estar travada. Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do senado, seria o apoiador.

Nos próximos dias, ele deve encaminhar requerimentos de senadores para que o projeto tenha tramitação por mais três sessões e sejam obtidas informações de órgãos do governo com o CADE e Secretaria Nacional do Consumidor.

A ideia é entender o impacto que a mudança terá para consumidores, teles e concorrentes da TV Globo na rede aberta de televisão.

Parceiros estratégicos já teriam recomendado que a AT&T articule um novo projeto, pois o fim da propriedade cruzada na TV por assinatura deve ter uma longa tramitação ainda.

Por entender que a PL só beneficia Globo, AT&T, Facebook, SKY e empresas de vídeo sob demanda, o mercado quer aprofundar o debate.

Com informações do Tele.Síntese

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

3
Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
3 Número de Comentários
0 Número de Respostas
1 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
2 Autores de comentários
#DADATO801Jonhonn Autores recentes de comentários
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Jonhonn
Visitante
Jonhonn

Acredito q o bom senso seja o melhor pra todos os envolvidos e principalmente para nos consumidores temos q quebrar esse monopólio maldito q nos faz atrasar portanto tem abrir o mercado e acabar com essa globo satânica …

Cidade - UF
Santana do Araguaia PA
Jonhonn
Visitante
Jonhonn

Derrubando o monopólio já …

Cidade - UF
Santana do Araguaia PA
#DADATO801
Colaborador

O q tem q fazer eh tirar esses monopolios de globo e outras certo, e acabar com esses bandidos de TVs pagas pois de atualidades e outros so msm pra trouxas pois nada de novo somente repeticoes e repeticoes ate o futebol tao tentando roubar eh dos assinantes e por ai vai –e mais ainda se as operadoras aki no Brasil entrarem ai eh q vamos ver roubos fantasticos como ja fazem com cels– pr ex– quem tem saldo de recarga e as vzs nao precisa recarregar pois tem saldo alto, o q acontece sao bloqueados forcando a pessoa a… Leia mais »

Cidade - UF
bahia