AT&T está disposta a fechar canais no Brasil para não perder SKY

Executivo da operadora mais valiosa do planeta revelou que a AT&T já considera remover HBO, Cartoon Network e TNT da TV fechada – tudo pela SKY.



A operadora norte-americana AT&T, atual controladora da SKY, não está disposta a se desfazer da operadora de TV por assinatura via satélite brasileira. Enquanto aguarda um posicionamento da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e da Agência Nacional do Cinema (Ancine) sobre o processo de aquisição da Time Warner (atualmente chamada de WarnerMedia), o vice-presidente sênior da companhia, Michael Hartman, adiantou que “se a decisão for que a AT&T não pode ser dona dessas empresas e ao mesmo tempo da Sky, uma das alternativas seria deixar de vender os conteúdos em TV Paga e só fazer transmissões de streaming online”.

Os canais de televisão fechada que podem ser desativados pela AT&T no Brasil são os que fazem parte da Turner Broadcasting Company, como as dez numerações da rede HBO, TNT, Space, Cartoon  Network, entre outros. Como revela Hartman, já é forte a ideia dentro da companhia que o conteúdo dessas emissoras sejam transmitidos apenas via internet para o Brasil, por meio de plataformas de streaming.




Os canais Esporte Interativo já tiveram as operações encerradas para evitar maiores problemas com a Lei do Serviço de Acesso Condicionado (SeAC). Essa regra impede que um mesmo grupo de comunicação produza conteúdos e também transmita essas produções. Foi por causa dessa legislação que o Grupo Globo precisou se desfazer da participação que detinha na NET e na própria SKY para manter as operações da programadora Globosat. A estratégia da AT&T é argumentar que a empresa já encerrou os canais que mantinham sede no Brasil e agora só retransmite conteúdo gerado nos Estados Unidos.

Em entrevista reproduzida pelo jornal Folha de S.Paulo, Hartman faz ainda duras críticas ao Brasil e diz que a AT&T aguarda uma solução dos órgãos reguladores do país – prevista para acontecer no segundo semestre de 2019 – enquanto o mercado global de conteúdos se movimenta em ritmo acelerado. O executivo diz que o excesso de exigências do país acaba afastando investimentos não só da AT&T, mas de outras gigantes internacionais: “isso manda um sinal para todas no setor”, alerta.

VIU ISSO?




Para Hartman, as pesadas regras acabam se tornando um risco para a competição e limita as opções de serviços oferecidas ao consumidor brasileiro. “É uma pena que no Brasil o discurso não vá para isso, para o interesse do consumidor […] e sim para uma análise ultrapassada e desnecessária de aplicação de uma lei fundamentada num conceito de mercado que já não existe”, lamenta.

Apesar da opinião contrária, o vice-presidente sênior da empresa conta que não existe a menor pretensão de abandonar o mercado brasileiro. Perguntado pelo repórter Nelson de Sá sobre se a AT&T pode chegar ao limite de decidir sair do Brasil por causa da burocracia, o executivo disse que a gigante dos EUA “só vai desistir do mercado se for forçada a fazê-lo”.

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.

14
Deixe um comentário

avatar
10 Número de Comentários
4 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
3 Autores de comentários
PústulaLuiz CabralSandro moretti Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Kadu
Visitante

Se a sky sair do Brazil Lascou tudo, muita burocracia pra nada, ao invés de de chegarem ao um acordo pra diminuírem o valor e aumentar o pacote, ficam inventando coisas ?

renilsonao@gmail.com
Visitante

Enquanto isso a globo continua a produzir e mandar no mercado brasileiro, tem operadoras que nem sequer tem opções de canais de esportes,forçando a ir para a internet, o Brasil como sempre e prejudicado por políticos e leis que beneficiam "algumas empresas e só

Gutauskis
Visitante

Viva a gatonet!!!!!

Pústula
Visitante
Pústula

“Viva mesmo” é por causa de vocês que temos que aguentar tanta propagandaria

Cidade - UF
AC
Unknown
Visitante

Tudo é um jogo de interesses

estou aqui
Visitante

Posso compra um Kit da Directv e trazer pra cá Directv é mehlor que a sky

PRESIDENTE AI É BEM ESPERTO FAZENDO ISSO ELE QUE PRECIONAR E JOGAR A CULPA NO BRASIL PELA PERDA DOS CANAIS HBO E CARTON SPACE ENTENDA ELES NÃO VÃO PERDE NADA PORQUE VAI FICAR NO AR UMA CERTA CULPA DO BRASIL POR ESSA ATITUDE SÓ TEM MENINO ESPERTO AI NESSA COMPANIA. SKY JA ERA AGORA O MUNDO É NET GLOBO TA NEM AI PELA DECISÃO PORQUE ELA TEM AÇOES NA NET BRASIL.

Mello Mello
Visitante

Com a chegada da internet o mundo não gira mais ao redor das TVs a cabo . Acabou a exclusividade .

Pústula
Visitante
Pústula

Com a chegada de melhores velocidades de internet né?
Pois internet já existia há mais de 20 anos

Cidade - UF
AC
Unknown
Visitante

Essa Sky e uma merda

Sandro moretti
Visitante

a tv pôr assinatura nu Brasil é muito cara.eu queria que acabasse e ficasse só na web.

Unknown
Visitante

Se a Turner fechar os canais aqui no Brasil, como ficam os times que assinaram com o Esporte Interativo? Uma das promessas era de que os jogos seriam transmitidos através dos outros canais do grupo, se eles fecharem vão pagar as multas para que os clubes possam assinar com a Globosat?

Will
Visitante

Também já fiz essa pergunta e não achei resposta. Me parece que, esse fato não chegou ao conhecimento dos clubes… E a Turner, como não é besta, deve estar pianinha na dela. Se de fato isso vier acontecer, com certeza vão receber multa e da boa. Só não sei se a Globosat por pirraça, irá aceitar. E se aceitar, será pelo valor que ela queria dar antes aos clubes, o que fez migrarem para a Turner.

Jair Vogt
Visitante

Sem , bye bye sky , aí vcs estão forçando a galera correr pra gatonet , complicado as coisas nesse Brasil ?

Luiz Cabral
Visitante
Luiz Cabral

Tenho Sky há 20anos anos, como ficaria os assinantes da operadora Sky