Assinantes de TV receberão alertas de desastres naturais

Anatel, Defesa Civil e operadoras estão implantando uma plataforma de alertas de desastres via TV; região sul do Brasil já utiliza o sistema.

Desde segunda-feira, 2, os clientes de TV paga do Rio Grande do Sul estão recebendo alertas de emergências diretamente em seus aparelhos. Desde maio, o projeto ‘Notificação de Alertas via TV por assinatura’ está em teste nos estados do Paraná e Santa Catarina. Até o final do ano, todo o Brasil contará com a novidade.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tem coordenado com os órgãos de Defesa Civil e as operadoras — Claro net, Vivo, Oi, Sky e NossaTV — a implantação do sistema.


A partir de estudos meteorológicos, geológicos e sismológicos, o alerta será enviado pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e pela Defesa Civil dos estados e municípios, na iminência de eventos que colocam em risco a população, como alagamentos, vendavais, chuvas de granizo, entre outros.

O alerta de desastres aparecerá na forma de um pop-up na tela, durante a programação da TV. A mensagem terá uma exposição de 10 segundos, com a opção de o usuário fechar a notificação se preferir.

O assinante não precisa fazer qualquer tipo de cadastro. Inicialmente, ele será informado com a mensagem: “DEFESA CIVIL: agora os ALERTAS de RISCO estão na sua TV. Fique ligado!”

Não será possível bloquear o recebimento dessas mensagens de alerta.

VIU ISSO?
–> Alerta de desastres naturais por SMS entra em operação
–> Anatel lança site de combate à pirataria
–> TV paga continua a perder clientes

O recurso estará disponível para os estados do Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro a partir de 23 de setembro, e para São Paulo em 21 de outubro. Os clientes da TV paga da região centro-oeste e norte passarão a receber os alertas em 18 de novembro, e do nordeste em 11 de novembro.

Desde 2017, o Brasil conta com o serviço gratuito de encaminhamento de notificações de risco por mensagem de texto (SMS). Claro, Vivo, TIM, Oi, Sercomtel, Algar e Nextel participam do projeto.

Para se cadastrar basta enviar uma mensagem pelo celular para o número 40199, com o número do CEP do endereço que deseja monitorar. O número do CEP deve ser informado com oito dígitos, com ou sem hífen, com ou sem ponto.

O Cenad também mantêm uma página para orientar os usuários sobre o que fazer diante de cada tipo de alerta de desastre natural.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

Deixe um comentário

avatar
  Cadastre-se  
Notificação de