TIM realiza testes da rede NB-IoT com longo alcance em Goianésia

Os testes foram realizados em conjunto com a Ericsson. A rede NB-IoT da TIM já está ativa em algumas cidades do Brasil.


A operadora TIM confirmou o funcionamento de sua rede NB-IoT (Narrow Band em IoT) em sua rede comercial 4G em Goianésia, interior de Goiás, para grandes distâncias. Testes foram realizados em parceria com a Ericsson.

Além de Goianésia, o NB-IoT, já está disponível nas cidades de Itajubá, Santa Rita, Correntina, Cataguases, Campinas e Rio de Janeiro, lugares nos quais a TIM possui parcerias com empresas voltadas para o agronegócio ou instituições focadas no desenvolvimento de tecnologias para cidades inteligentes. 

A TIM foi pioneira na implantação da plataforma NB-IoT ao ativar a funcionalidade em Santa Rita do Sapucaí e se mantém como a única empresa do segmento a oferecer a tecnologia comercialmente no Brasil. 


Os testes que realizamos em Goianésia confirmam o acerto na escolha de adotar o NB-IoT como tecnologia de conectividade para Internet das Coisas da TIM e reforçam nosso compromisso em impulsionar o desenvolvimento tecnológico do país por meio da criação de soluções que terão impacto direto na vida de nossos clientes e parceiros“, afirma Silmar PalmeiraDiretor de Inovação e Tecnologia da TIM Brasil.
A TIM explica que os testes foram baseados na tecnologia LPWAN – rede sem fio de longa distância e baixo consumo de energia – em NB-IoT na banda 28 (700MHz) padronizados pelo 3GPP, validando a funcionalidade de cobertura estendida desenvolvida pela Ericsson, que aumenta os limites de 40km para 100km sem qualquer impacto nos dispositivos. 


VIU ISSO?



Com ela é possível ler dados de um dispositivo e também comandar equipamentos que estejam a distâncias de até 100km da base, tecnologia essencial para a ativação de soluções de comunicação entre máquinas.

Até 2020, a operadora espera ter mais de 4.000 municípios operando na faixa 700MHz e que podem ser contemplados com soluções de IoT, de acordo com as novas parcerias da operadora no país.
O objetivo da TIM com essas parcerias é ser facilitadora para a criação de soluções de Internet das Coisas, por meio da disponibilização da tecnologia para seus clientes corporativos (empresas públicas e privadas). As aplicações estão ligadas neste momento a soluções para o agronegócio; sensores de poluição de cidades; medidores para a energia, água e esgotos das cidades, entre outras iniciativas que tornam os sistemas mais eficientes.



About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

4 Comentários

  1. Parabens a TIM pela iniciativa!
    Goianesia é a maior produtora de etanol do Centro Oeste.

    • Moro em Goianésia/GO e a única beneficiada aqui é a Jalles Machado, que graças a ela chegou a cobertura 4G da TIM em parte da cidade e é a única empresa que tem esta grande parceria com a TIM aqui.

  2. Eu achei que quando ativase o 700 mh na capital Paulista ia melhorar o sinal, esta e cada dia pior só a vivo tem sinal bom em todas as localidades, sei que é a prefeitura que dificulta a instalação de antenas, acho uma vergonha isso acontecer na cidade mais rica do pais

  3. Conforme relatado pela site Minha Operadora a Jalles Machado possui a parceria com a TIM na cidade de Goianésia/GO, conforme link: https://www.minhaoperadora.com.br/2019/01/tim-fecha-parceria-com-empresa-de-agronegocio.html .

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*