Smartphones no Brasil ficarão 18% mais caros em 2019

A IDC, empresa de consultoria, também prevê que este ano serão lançados aparelhos por R$ 10 mil no Brasil.


De acordo com dados da IDC, empresa de consultoria, o preço dos smartphones ficara, em média, 18% mais caros no Brasil em 2019. Essa previsão tem relação com diversos fatores, como  o acréscimo de funções como mais lentes e câmeras, recursos de inteligência artificial, armazenamento, memória etc.


Outra questão pontuada pela IDC é refente a nova barreira de preços dos smartphones no Brasil que será alcançada em 2019. De acordo com Reinaldo Sakis, gerente de pesquisa e consultoria para o segmento de consumer devices da IDC, veremos modelos custando impressionantes R$ 10 mil.




“Em 2019 vamos ver o lançamento provável de aparelhos que custarão R$ 10 mil para o consumidor final. E haverá quem compre porque o brasileiro médio já está indo para terceiro ou quarto aparelho, ele busca melhorias sobre o que já possui”, diz Sakis.


VIU ISSO?


Infelizmente essa questão de melhorias que o Sakis cita não passa apenas por especificações, aparelhos como os iPhones, no imaginário de certas pessoas, tem relação com status e poder, e é a aí que acontece um grande problema. Muitos se endividam para poder comprar um modelo que o preço é altamente inflacionado, o chamado “preço Brasil”.

A IDC também declarou que o mercado de dispositivos – smartphones, feature phones, tablets e PCs – deve movimentar no Brasil este ano US$ 24,5 bilhões.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

COMPARTILHAR EM:

About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais votado
mais novo mais antigo
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Hugo

Se não vendesse, não teria smartphones com valores tão altos. Portanto, o mais sensato mesmo é comprar aquilo que o bolso pode sem se endividar tanto. Talvez se as vendas forem ruins, preços tão exorbitantes caiam, vai depender muito da sensatez do consumidor.

Rafael Hipólito

Galaxy S10+ vai ser esse preço mesmo por aqui, lá fora fala-se em $1200 (mesmo preço do IPhone XS Max lá fora).

Mano expert

Enquanto houver demanda de status, farei como o Warren Buffet. Investirei em empresas que vendem status. Status só requer um bom marketing e tem alta taxa de retorno.