sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Na Veek até o CEO participa do atendimento ao cliente

Veek instaura filosofia de que todos os seus colaboradores precisam passar pelo setor de atendimento; entender as necessidades dos clientes.


Quando comparam humanos com máquinas a empatia é um dos pontos que joga a favor dos humanos, já que temos a capacidade não apenas de operar, mas também de se colocar no lugar do outro, só que em muitos casos essa característica é deixada e lado, por inúmeras razões. 

Vide o caso dos atendimentos, aposto que você, e as pessoas que o rodeiam, fica desanimado quando  precisa ligar para alguma central, com o intuito que um problema seja resolvido ou uma dúvida seja esclarecida, já que em muitos casos a experiência é maçante. 

É de suma importância se colocar no lugar do cliente, entender suas necessidades. Essa é a iniciativa que a Veek, operadora móvel virtual (MVNO), que utiliza a rede da TIM para operar, está promovendo internamente. Fazer com que todos seus colaboradores passem pelo setor de atendimento. Uma forma de entender o que seu cliente deseja e conscientizar a todos da empresa para que remem pelo mesmo lado: o da eficiência. 



A iniciativa vale realmente para todos da empresa, até o CEO, Alberto Blanco, está participando. Em declaração ao site Consumidor Moderno o executivo deu seu parecer sobre a experiência:

Alberto Blanco

“Quando estou no atendimento, todas as semanas inclusive, posso perceber melhorias e colocá-las em prática. É muito legal quando o cliente descobre que está falando com o CEO”, declara Alberto.

O treinamento da Veek é aplicado para que seus funcionários tenham uma melhor compreensão das necessidades do cliente. Além de agilidade o atendimento precisa solucionar as solicitações do cliente, e é isso que a companhia vem tentando aprimorar. 

VIU ISSO?


“O principal desafio, mais do que atender rápido, é resolver rápido. As empresas precisam ter um tempo de atendimento bem baixo, mas o de resolução também. Mais do que um oi, o cliente espera a satisfação”, 

Evidente que Blanco também não nega a revolução que o atendimento baseado em inteligência artificial continuará exercendo no mercado. 




“Acredito num crescimento bem forte dos chats e inteligência artificial. Não para um atendimento impessoal, mas sim para maior agilidade no contato e para acelerar a resolução do problema", completa Blanco.


Um comentário:

  1. Ok... iniciativa válida, mas estão um pouco atrasados no processo! O conceito é antigo e hoje em dia as empresas estão aperfeiçoando seus App's. Do lado dos clientes, nós estamos fazendo de tudo para NÃO TER QUE LIGAR NO SAC e resolver os problemas via App.

    ResponderExcluir

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.