terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Ericsson: 1,9 bilhão de pessoas seguirá sem 3G, 4G ou 5G até 2024

Relatório da Ericsson foi feito especialmente para o Fórum Econômico Mundial, que está sendo realizado essa semana na Suíça.


O mundo está falando cada vez mais sobre o 5G, mas em muitas localidades até as gerações anteriores ainda não são uma realidade. De acordo com um relatório divulgado pela Ericsson, produzido especialmente para o Fórum Econômico Mundial, que está sendo realizado esta semana em Davos, na Suíça, 25% da população mundial seguirá sem as três gerações de conexão móvel mais importantes até então (3G, 4G, e 5G), até 2024. 


O estudo destaca que 1,9 bilhão de pessoas não estarão utilizando nenhuma dessas tecnologias até 2024. Desse montante, 230 milhões estarão em áreas sem cobertura móvel e 420 milhões dos desconectados das gerações mais recentes estão em regiões que o 2G ainda é a única opção.  

Os demais 1,25 bilhão continuarão sem utilizar a tecnologia por diversos motivos, como preço, analfabetismo, idade e desinteresse.

O estudo também mostra um panorama positivo de crescimento. A base mundial de usuários de banda larga móvel crescerá a uma média de 25 milhões de novos assinantes por mês.

VIU ISSO?


Entre as tecnologias, na América Latina, o 4G, que foi responsável por 42% de todas as conexões móveis na região no ano passado, seguirá crescendo. A previsão é que em 2024 três quartos de todas as assinaturas de internet móvel serão 4G.

Sobre a nova geração, o 5G, a Ericsson prevê que a tecnologia será adotada massivamente entre 2020 e 2024 - quando a tecnologia atenderá 40% da população mundial.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.