sábado, 10 de novembro de 2018

5G fará com que as pessoas cancelem banda larga residencial

O que você achou? 
Essa é a perspectiva da operadora britânica Three.

O 5G será realmente uma alternativa de peso para a banda larga fixa doméstica. Essa é a opinião de David Dyxon, diretor de telefonia de uma das maiores operadoras britânicas, a Three. Dyxon vai além, e diz que com o 5G os cientes irão abandonar a banda larga convencional.

Talvez não para o mundo inteiro, mas certamente na maioria dos países, acredito fortemente que o 5G pode oferecer uma experiência de banda larga em casa suficiente para que as pessoas efetivamente dispensem suas conexões por cobre ou fibra, declarou Dyxon, em entrevista a BCC.

Com o 3G e 4G essa grande mudança não seria possível, mas o 5G muda tudo, ressalta Dyxon. A confiabilidade e velocidade que o 5G irão oferecer darão mais segurança para que eles optem por ter essa forma de conexão como primária, mesmo em casa. 

David Dyxon

Essa confiabilidade em torno do 5G elevará consideravelmente o consumo de dados móveis nos próximos sete anos. A previsão do executivo da Three é que a utilização das redes aumente 1.300% até 2025.

A Threee pretende lançar sua opção de plano em 5G em meados do ano que vem. Enquanto isso a operadora se destaca no Reino Unido por oferecer ofertas de planos 4G com dados ilimitados, em Londres e algumas cidades do Reino Unido. Dyxon diz que a operadora pretende fazer o mesmo com o 5G.

Enquanto com o 4G essa questão de oferecer planos sem limite de dados envolve uma grande questão estratégica, sobre a quantidade de clientes que podem se inscrever no serviço, para não atrapalhar a performance. já com o 5G, o executivo diz que essa questão não seria um problema. 

A ideia de Dyxon corre por um caminho oposto aos objetivos do próprio governo britânico, que pretende cobrir todo o país com fibra óptica até 2023 - atualmente apenas 5% utilizam fibra. 

Dyxon diz que o projeto é válido, para um pequeno número de clientes que precisam de mais velocidade, porém é um projeto caro, já que envolve interferências físicas no ambiente, já com o 5G basta apenas a instalação de uma antena, para que todos recebam internet, uma alternativa mais barata e que irá agradar boa parte dos usuários.


8 comentários:

  1. Duvido disso. O 5G ilimitado teria que ter uma franquia de dados pois é uma conexão compartilhada e que depende do número de usuários simultâneos conectados. No Brasil, tenho quase certeza de que o 5G não substituirá a fibra óptica, pois seria a nível de 3G na verdade. A verdade é que as grandes operadoras, as que certamente irão usar o 5G, irão abandonar a fibra óptica para lucrar mais com o 5G.

    ResponderExcluir
  2. Na Net banda larga tem 30 GB de franquia por 60 reais ,com velocidade de 5 MB , mais a velocidade não está mais reduzindo , agora na vivo fibra e franquia ilimitada por 150 reais e 300 MB de velocidade e 1 de ping , a internet móvel para a pessoa pensar em troca para a móvel primeiro o ping tem que ser baixo e depois ser ilimitada

    ResponderExcluir
  3. Eu uso internet fixa de 2 megas e mais lenta que a 3 G e a 4 g mais porumenos e ilimitada nao adianta ter 3"4"5 g sem nao pode usar porque tem limite de uso nao troco a internet fixa pela movel

    ResponderExcluir
  4. Tem nem perigo
    E cada coisa que se fala

    ResponderExcluir
  5. Creio q nunca chegará a esse ponto. Aonde houver fibra sempre será mais vantajoso por não possuir limites de dados.

    ResponderExcluir
  6. Creio que para isso ocorrer de fato, a tecnologia tem que estar extremamente consolidada e massificada e assim como a velocidade e estabilidade do WiFi não chega aos "pés" de um Notebook ou Smart TV ligados a um cabo de rede! A Internet fixa, ainda mais agora com as operadoras migrando do XDSL para a Fibra Óptica deve reinar sobre as demais tecnologias! Sem contar que, uma torre seja ela 3G / 4G e a futura 5G tem que dividir sua capacidade com a quantidade de aparelhos a elas conectadas, portanto, por melhor que seja, a conexão e/ou capacidade estará sujeita a variações de todo tipo. Pode ser que a periferia e interior do país seja beneficiado mais rapidamente e ser uma solução onde a Fibra Óptica não for viável... mas imaginem, até a tecnologia 5G chegar nestes lugares... alguém arrisca, quantos anos!?

    ResponderExcluir
  7. Em países desenvolvidos pode ser, países sub desenvolvidos igual o Brasil, s;em chance.

    ResponderExcluir
  8. O nome da operadora é Three, não Threee

    ResponderExcluir