5G deve chegar ao Brasil apenas em 2021

5G deve oferecer velocidades a 1 Gb/s e latências menores.

Enquanto nos Estados Unidos a Verizon já está com sua rede5G ativa no Brasil a previsão é que a quinta geração de conectividade móvel chegue
somente em 2021.




Essa é a expectativa da Claro, Vivo, Tim e Oi, que
comentaram sobre o assunto durante a Futurecom 2018.

Esse processo mais lento
para a adoção, após boa parte do mundo estar com suas redes ativas, está
relacionado com o planejamento, que não pode ser feito de qualquer maneira,
numa “corrida para perder dinheiro” – palavras de Eduardo Navarro,
presidente da Vivo.


A implementação do 5G demanda bem mais investimento. José
Félix, presidente da Claro, diz que são necessárias mais antenas. A velocidade
de transmissão do 5G é mais alta, porém o alcance é menor, o que demanda a
instalação de mais antenas que o 4G.

O grande objetivo de Félix é que a Claro seja a primeira
operadora a oferecer em 5G no Brasil. Porém a implementação será feita de forma
gradual, com a instalação em pontos que justifiquem o investimento.

A velocidade teórica do 5G pode ultrapassar a casa dos 1
Gbp/s, porém há uma grande diferença entre testes internos e resultados reais
de implementação, que atualmente ainda está numa fase inicial, de maturação da
tecnologia.

VIU ISSO?



A Verizon, por exemplo, que implementou sua primeira rede 5G
em partes selecionadas de Houston, Indianópolis, Los Angeles e Sacramento,
garante velocidade de download na casa dos 300 Mbps.

Voltando para a realidade brasileira, TIM e Oi são ainda
mais cautelosas quando o assunto é 5G. Ambas não querem participar dessa
“corrida pelo 5G”, adotando a tecnologia antes de seus rivais.

Tanto Erico Telles, presidente da Oi, quanto Sami Foguel,
presidente da Tim, reforçam a ideia do presidente da Claro: o retorno sobre o
investimento será crucial para o 5G no Brasil.



As primeira faixas 5G (3,5 GHz), devem ser leiloadas pela
Anatel em 2019.

About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

2 Comentários

  1. Se nem o 3G tem 100% no Brasil em 2018, imagina 5G, só lá pra 2030 e olha lá.

  2. 5G transmite microondas isso ae vai fritar o cerebro de todo mundo!! Isso é loucura!!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*