Anatel renova contrato de telefonia fixa com a TIM por R$ 12,3 mi

Em aditivo, número de chamadas foi reduzido e operadora irá prestar o serviço por mais 30 meses.


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) prorrogou o seu contrato com a TIM para o fornecimento de telefonia fixa por mais 30 meses. O valor do termo aditivo é de R$ 12,3 milhões.


A TIM oferece à agência o serviço de telefonia fixa para o recebimento de chamadas franqueadas do público em geral, realizadas por meio do código de acesso a Serviços de Utilidade Pública de número 1331 e 1332.


Para renovar o contrato, o órgão reduziu o número de chamadas do aditivo em 38,8%.

Informativo da agência diz que a redução do contrato se fez necessária para adequá-lo à capacidade da Central de Atendimento da Anatel.

No mês de maio, o número de chamadas caiu de 850.000 ligações atendidas/mês para 637.500 ligações atendidas/mês (redução de 25%).


LEIA TAMBÉM:


Outra alteração realizada no contrato foi a mudança do nome da empresa fornecedora do serviço. Anteriormente, era a Intelig Telecomunicações, do mesmo grupo da TIM, que estava responsável pelo serviço prestado à agência.

Na renovação, a empresa contratada foi alterada para TIM.

Antes da renovação com redução no número de chamadas, a TIM cobrou R$ 19,1 milhões da Anatel para fornecer o serviço por 30 meses.

Na avaliação da agência, o desempenho da prestadora é satisfatório. 

Conforme a área técnica, ao longo do ano de 2017, foram entregues pela contratada 7.191.851 chamadas na Central de Atendimento da Anatel, com raras incidências de interrupção parcial ou total do serviço.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários