InícioNotíciasApós 6 meses, Prefeitura de SP ainda não liberou biosites da TIM

Após 6 meses, Prefeitura de SP ainda não liberou biosites da TIM

Operadora planejava instalar 300 postes este ano na cidade, mas apenas dois foram instalados até o momento.


No final do ano passado, a TIM apresentou a proposta de instalar biosites na cidade de São Paulo. O projeto visa à implementação de 300 postes durante 2018. No entanto, devido questões burocráticas da Prefeitura, a operadora só conseguiu instalar dois equipamentos até o momento.


Biosites são postes sem fios, antenas camufladas, que podem realizar diversas funções diferentes. Com eles, a TIM consegue melhorar o sinal de telefone ao redor e até mesmo a aparência da cidade, já que podem acomodar câmeras de segurança e outros sensores sem gerar poluição visual.


A previsão era de que após a implementação de 300 biosites durante este ano, que já está quase na metade, outros 200 fossem instalados nos próximos anos ao redor da cidade de São Paulo. 


LEIA TAMBÉM:


O projeto ainda contemplava a doação de câmeras de vigilância para o programa City Cameras, de videomonitoramento. 

A TIM entregaria a conectividade dessas câmeras e o streaming para a central de segurança da cidade.

Com a renúncia de João Dória para concorrer ao Governo do estado, não há previsão de quando o projeto receberá o aval da Prefeitura. 

Os dois biosites liberados em 2017 foram instalados na praça Cidade de Milão e na Ramos de Azevedo.

CONTEUDO RELACIONADO

3 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

MAIS POPULARES