Operadoras entregam planos para melhorar oferta de SVAs

Em um acordo com a Anatel, Claro, Oi, TIM e Vivo devem adotar medidas de qualidade no pré-pago, mas também pensar nos serviços adicionais no pós.

Assim como disseram que fariam, as quatro principais operadoras do país – Claro, Oi, TIM e Vivo – entregaram e tiveram aprovados seus planos de ação de SVA (Serviços de Valor Adicionado) pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), conforme divulgou o Mobile Time na última semana.

Os planos incluem medidas que prometem melhorar esse tipo de oferta de serviços, incluindo um sistema próprio de gestão do assinante (da contratação ao cancelamento); ferramentas simples para que os usuários verifiquem os SVAs contratados e os valores cobrados para cada um, além da revalidação da base.









Os SVAs, até então, eram os principais assuntos de queixas dos clientes para a agência. De 2016 para 2017, houve uma redução de mais de 5% nas reclamações desse tipo. A ideia, agora, é diminuir ainda mais o número de insatisfeitos, fazendo com que os SVAs realmente passem a ter valor para o cliente.


LEIA TAMBÉM:

Cada operadora tem as suas propostas, mas todas estão revisando o portfólio de SVAs para facilitar a vida do cliente do pré-pago. No segundo semestre de 2018, as mudanças devem ser aplicadas.

No pós-pago, a inclusão de SVAs também passa a ser uma preocupação da Anatel. Isso porque muitos clientes reclamam da falta de opção para contratar os planos sem serviços digitais, como aqueles de música, banca digital e tantos outros. Por um lado, eles oferecem benefícios que muitos julgam úteis, mas, por outro, ainda há quem dispense qualquer tipo de serviço adicionado.


Em breve a Anatel deve passar mais informações sobre o assunto.
Com informações do Mobile Time

Deixe um comentário

avatar
  Cadastre-se  
Notificação de