Oi e Vivo estão entre as 15 empresas mais transparentes do Brasil

TIM e Claro também aparecem no ranking, que organiza as 110 maiores empresas do país com base na transparência organizacional.


A ONG Transparência Internacional publicou, no final de janeiro, a primeira edição da pesquisa “Transparência em relatórios corporativos – as 100 maiores empresas e os 10 maiores bancos brasileiros”.

No ranking, que leva em consideração a adoção de práticas anticorrupção, clareza da estrutura organizacional e transparência na divulgação de informações financeiras, apareceram nas primeiras 15 colocações a Oi e a Vivo.


O ranking vai até 110. Apesar das acusações recentes de seus acionistas, a Oi aparece em 7º lugar e é a mais bem colocada do setor de telecomunicações, com média de 8,8. Em seguida vem a Telefônica Brasil (Vivo), em 15º e média 8,4.
LEIA TAMBÉM:
A nota é dada de acordo com a qualidade da divulgação dos três itens analisados, e tanto a Vivo quanto a Oi tiveram avaliações consideradas “ótimas e boas”. A TIM aparece na posição 63 (5,6) como “regular” e a Claro 81 (4,3), como “ruim ou péssima”.
A ideia do movimento Transparência Internacional (TI), atuante em mais de 100 países, é buscar um dia a dia e uma visão livre de corrupção, seja por parte de governos, setor privado ou sociedade civil.
“Este levantamento é o primeiro a centrar-se exclusivamente em companhias brasileiras, e tem entre seus objetivos estimular que a transparência, cobrada com intensidade do setor público, seja cada vez mais vista como um valor também no setor privado”, informa um trecho do relatório.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários