Alarme falso! Nome de Wi-Fi motiva pouso de emergência em avião

Passageiro fez graça durante o voo ao disponibilizar rede Wi-Fi de seu aparelho com nome que ameaçou autoridades, piloto e mais de 100 passageiros.
Nesta quinta-feira (30), 107 passageiros tiveram que presenciar um pouso de emergência no avião da Turkish Airlines, que ia de Nairóbi para Istambul. O que diferencia esse de tantos outros casos é o motivo da parada. Alguém resolveu disponibilizar, durante a viagem, um Wi-Fi com o nome “bomb on board”. Pois é: bomba a bordo!
 
Como ameaças de bomba são levadas a sério em voos, principalmente internacionais, os pilotos resolveram atrasar um pouco a chegada e pousar o avião no aeroporto de Cartum, no Sudão, para que a situação fosse verificada – tanto de passageiros, quanto do próprio avião.
A empresa afirmou que, após a inspeção, o voo foi retomado normalmente e com segurança. Mas, claro, por conta de uma pessoa (cujo nome não foi divulgado), os mais de cem passageiros tiveram que passar por todo o procedimento de embarque mais uma vez.
Segundo especialistas, a rede Wi-Fi com o nome “engraçadinho” foi criada durante o voo. Os hotspots de Wi-Fi pessoais podem ser criados com nomes e senhas personalizados a qualquer momento, o que faz com que essa situação no avião ou em qualquer outro lugar onde haja smartphones e outros dispositivos móveis seja possível.Imagina se a moda pega?

 
LEIA TAMBÉM:


About Vagner Santos
Entusiasta de Telecomunicações. Fundador do Minha Operadora, hoje um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecom do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.

1 Comentário

  1. Véi, eu só não irei criticar o passageiro porque eu também já fiz isso, porém antes do avião da LATAM decolar. Kkkkkk

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*