sexta-feira, 12 de abril de 2019

Disney+: rival de peso para Netflix ganha data de lançamento

Plataforma contará com um vasto conteúdo, incluindo produções da Pixar, Marvel, entre outros.


Há muitos serviços de streaming lutando arduamente para topar o posto da Netflix, mas podemos considerar que com a entrada da Disney no segmento a disputa passa realmente a ficar interessante, pela quantidade de conteúdo exclusivo, baseado em suas famosas franquias, que estarão presentes no Disney+, que será lançado em 12 de novembro nos EUA.  Em alguns países da Europa e Ásia-Pacífico o serviço também estará disponível este ano. 

Voltando para a sessão de conteúdo, que é fator determinante para conquistar um assinante nesse tipo de negócio, a Disney+ irá reunir as produções dos estúdios Disney, e de outras empresas gigantescas do grupo: Pixar, Marvel, Lucas Film (franquia Star Wars) e National Geographic. 



O queridinho da FOX, os Simpsons também estará disponível na plataforma. Todas as temporadas do desempenho serão adicionadas.





Uma publicação compartilhada por Disney (@disney) em


"Disney+ marca um passo ousado para a frente nesta nova era emocionante para nossa empresa, no qual os usuários terão acesso direto a um incrível conjunto de conteúdos e criatividade que é a marca registrada da The Walt Disney Company", declarou o presidente e CEO Disney, Bob Iger.

Foi confirmado também que durante o primeiro ano, a Disney + oferecerá 25 séries originais e 10 filmes e especiais, além de mais de 400 títulos da biblioteca da Disney. Pelo quinto ano, espera-se que mais de 50 novas séries originais tenham sido adicionadas por ano.

VIU ISSO?


Segundo as previsões, a empresa espera ter entre 60 e 90 milhões de assinantes até 2024, dois terços deles fora dos Estados Unidos. Ela também planeja gastar US $ 1 bilhão durante o primeiro ano

As badaladas séries que envolvem personagens da Marvel não terão novas temporadas produzidas pela Netflix, já que o conteúdo será retirado, evidentemente, e no preço o Disney+ também chega pra incomodar a sua concorrente direta.



Nos Estados Unidos a mensalidade do serviço custará US$ 6,99, quase metade do que é cobrado pela Netflix (US$ 12,99). O Disney+ também será mais barato que o Amazon Prime Video, que custa US$ 8,99.

A pergunta que não quer calar: quando o Disney+ estará disponível no Brasil? Bom, a previsão é que o serviço esteja disponível na América Latina apenas no fim de 2020.


Um comentário:

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.