terça-feira, 28 de novembro de 2017

Vivo também entra no Índice de Sustentabilidade exaltado pela TIM

Telefônica Brasil aparece no ISE da bolsa de valores pelo sexto ano consecutivo, com destaque para ações financeiras, ambientais, sociais e de governança.

Depois da TIM exaltar sua participação no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3 (antiga BM&FBOVESPA), a Vivo também anunciou seu destaque na nova carteira, que foi divulgada pela bolsa de valores na quinta-feira (23) e vai vigorar de 8 de janeiro de 2018 a 4 de janeiro de 2019.

Trata-se de uma carteira que divulga as empresas mais bem avaliadas nas dimensões econômico-financeira, ambiental, social e de governança corporativa do Brasil. Desta vez, ela reuniu 33 ações de 30 empresas diferentes, que somam R$ 1,28 trilhão em valor de mercado.


A Telefônica Brasil apareceu na lista pelo sexto ano consecutivo, atrás no setor de telecomunicações somente da TIM, que já está no índice há dez anos. Para entrar no índice, a Vivo foi avaliada através de um questionário com mais de 300 perguntas.

Para a empresa, a carteira em 2018 tem ainda mais rigor nos critérios de seleção da B3, uma vez que é composta por 30 empresas, quatro a menos do que na última, e o que valoriza ainda mais a conquista. “Este é mais um êxito importante para a empresa, pois confirma o seu compromisso e adequação a uma demanda cada vez maior de investidores e acionistas que valorizam companhias que atuam conforme as melhores práticas em sustentabilidade e governança, com projetos e ações voltadas para sua cadeia de valor”, escreve a Vivo.

A Telefônica aproveita para ressaltar o destaque na “Melhores da Dinheiro” na categoria "Responsabilidade Social e Ambiental", em setembro. O reconhecimento foi promovido pela revista IstoÉ Dinheiro. 

MAIS SOBRE O ISE

O Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) é uma iniciativa pioneira na América Latina, criada em 2005, que tem como objetivo promover um ambiente de investimento compatível com as demandas de desenvolvimento sustentável da sociedade e estimular a responsabilidade corporativa e a ética por meio de boas práticas empresariais.

A metodologia do ISE foi desenvolvida pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP). Com informações da Telefônica.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.