Conselho da Oi discute proposta de capitalização de R$ 8 bilhões

Conselho administrativo da Oi discute proposta de aumento de capital, de R$ 8 bilhões, vista como chave para salvar a operadora.
Conselheiros da Oi discutiram, na quarta-feira (21), a proposta de capitalização de R$ 8 bilhões. A proposta foi avaliada pelo colegiado da tele como forma de ajudar a empresa, que passa por um duro processo de recuperação judicial. A Oi buscou seguir esse caminho após saber do interesse de novos grupos de investidores em investir no negócio.

A capitalização seria feita por fase, junto com o processo de recuperação judicial. O capital inicial seria de R$ 2 bilhões e este foi o principal assunto da reunião do conselho administrativo da empresa.

A recuperação judicial da operadora Oi completou um ano e até agora não houve nenhuma convocação de assembleia de credores. A Oi espera definir os pontos centrais e convocar uma assembleia em setembro.

Os débitos são superiores a R$ 63 bilhões, sendo R$ 32 milhões em dívidas de títulos no mercado internacional, R$ 11 bilhões com a Anatel, R$ 9,3 bilhões com os bancos comerciais, US$ 3 bilhões com bancos e agências de fomento internacionais e mais R$ 3,3 bilhões com o BNDES.

Antes de considerar a capitalização, o plano da companhia previa uma dívida bruta de R$ 29 bilhões ao final do processo. E que em três anos essa dívida cairia para pelo menos R$ 25 bilhões. A Oi fechou o pregão de terça-feira (20) na Ibovespa valendo R$ 3 bilhões.

Quando a empresa entrou com pedido de recuperação judicial, ela possuía R$ 4,18 bilhões em caixa, que chegaram a ser R$ 6,88 bilhões no fim de abril deste ano. Antes da abertura do processo, a Oi vinha tendo um gasto mensal perto de R$ 1 bilhão com o pagamento das dívidas que contraiu.

A capitalização dos recursos se deve ao interesse de fundos de investimentos e novos acionistas que pretendem aportar dinheiro novo na empresa. Entre os eventos que levaram a Oi a tamanha desestabilização financeira foram a compra da Brasil Telecom, a fusão com a Portugal Telecom, multas impostas pela Anatel e dividendos altos distribuídos a antigos donos da empresa.

LEIA TAMBÉM:


COMPARTILHAR EM:

COMENTÁRIOS MAIS BEM AVALIADOS DO MÊS

55

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

é um chip degustação, esperava o que? rs
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

48

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

dados atualmente não são problemas para as grandes operadoras, e mesmo assim, mta gente não se sente satisfeito, pois a escolha depende de outros fatores tbm. Ex: Oi oferece pacotes gigantescos de dados e sinal ruim…outras não se sentem bem atendidos, ou enfrentam problemas diversos…esses dias o vivo easy prime deu um BO impedindo que fosse realizado chamadas, Claro Flex tem um plano maravilhoso e um aplicativo péssimo…todas tem prós e contras, e cada consumidor tem uma medida do que é mais importante pra si mesmo.
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

42

Consumidor presta queixa contra comercial de Vivo Fibra

Meu deus do céu. Esse povo tá chato demais. Essa geração mi-mi-mi tá um saco.
  • 20/06/2020 by Tauan Fontoura

37

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

A Tim só tem um pouco mais de vantagem no pré pago, devido ter Facebook Twitter e Messenger e whatsapp, agora se começar a regular uso, com certeza a Claro vai ser o melhor plano. Tenho e não troco por nenhuma.
  • 02/07/2020 by Roberto Ramos

37

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

O TIM Black e os planos controle também sofreram essas medidas. Isso vai fazer a Claro roubar os clientes da TIM.
  • 02/07/2020 by Jefferson Rodrigues

COMENTÁRIOS RECENTES DE TODO O SITE

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários