SKY contribui para a queda da TV por assinatura no Brasil em agosto

Vendo a sua queda constante, operadora começa a rever sua política para agradar consumidor, começando pela inclusão dos canais Esporte Interativo.


A operadora de TV por assinatura SKY contribuiu fortemente para a queda do setor de televisão fechada do nosso país, pois 44.803 pontos de assinatura dessa operadora deixaram de existir. Vendo que o seu market share (participação de mercado) vem caindo continuamente, a SKY começou a realizar ações para agradar o consumidor, como a entrada dos – há anos tão pedidos – canais Esporte Interativo.

Os outros três grupos de telecomunicações que concorrem no setor de televisão paga ganharam clientes em agosto. Destaque para NET e Claro TV, que juntas atraíram 21.707 novos consumidores. 

A Oi TV também foi muito bem, conquistando sozinha 18.407 usuários.

A Vivo TV computou um acréscimo de 3.380 instalações do seu serviço de televisão por assinatura.


De acordo com os dados apresentados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o Brasil possuía em agosto um total de 18,906 milhões de assinaturas legais de televisão por assinatura. O setor, no entanto, depois de um resultado positivo em julho, apresentou uma nova retração de acessos em agosto: – 48.531.

Será que esse desempenho ainda é o “efeito crise“, ou podemos chamar isso de “Netflix effect“?

Leia também:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários