Parceria da TIM com Uber ‘emperra’ e deixa usuários desanimados

Mais de três meses após o anúncio do acordo, ninguém sabe sequer qual será a vantagem da união entre as duas empresas.

No dia 15 de abril, quando estava lançando sua nova marca e posicionamento para o Brasil, Flavio Lang, diretor de serviços de valor agregado e aparelhos da operadora TIM, aproveitou a ocasião para anunciar que havia fechado um acordo inédito com a empresa de transportes privados Uber. Segundo comunicado da empresa, todos os clientes conheceriam mais detalhes da novidade até o final do mês de maio.

Pois bem, passados mais de três meses depois do anúncio da suposta parceira, ninguém mais ouviu falar dela. Parece que o projeto ficou apenas no papel. Não foi informado se a navegação no aplicativo Uber não descontaria mais da franquia de internet dos clientes TIM, se os clientes receberiam descontos nas viagens, ou mesmo se haveria a possibilidade de pagamento das corridas na conta do celular ou dos créditos de linhas pré-pagas, ao invés de ter que usar um cartão de crédito. Tudo ficou apenas na imaginação do pessoal.

O Minha Operadora entrou em contato com a assessoria de imprensa da TIM para saber se já havia alguma definição sobre o andamento do acordo, mas fomos informados que realmente ainda não há nenhuma novidade sobre o caso. Resta apenas aguardar ainda mais.

Leia também:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários