Oi Velox é a única a perder clientes em fevereiro. Veja os dados

Região Norte possui o menor número de assinantes banda larga fixa, enquanto que o Sudeste é a região mais conectada.



A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) disse que o Brasil fechou o mês de fevereiro de 2015 contabilizando 24,29 milhões de assinaturas de banda larga fixa legais. Isso significa que em 36,77% dos domicílios do país, há pelo menos um acesso de internet banda larga.

Dentre as regiões do país, a que tem uma maior concentração de acessos é a Sudeste, com 14,38 milhões de assinaturas. A Norte é a parte do Brasil que possui menos assinantes de banda larga, pouco mais de 754 mil conexões.

Dentre os estados da região Norte do país, o Pará concentra o maior número de usuários de internet banda larga (257,5 mil). Enquanto que o Amapá, por outro lado, possui apenas 20,5 mil usuários.


Indo para o Nordeste, vemos a Bahia disparando como o estado mais conectado da região, com 776,8 mil usuários de banda larga fixa. Enquanto que o Piauí ainda não apresenta uma boa inclusão digital, e provê acesso à internet a apenas 131 mil assinantes.


No Sudeste, obviamente que São Paulo é o estado em que há mais pessoas conectadas, também pela sua grande população. São 8,96 milhões de paulistanos assinantes de banda larga. Em contraste, o pequenino Espírito Santo representa apenas 448 mil conexões da região.


Descendo mais um pouco, vemos o Paraná como o estado mais conectado do Sul, com 1,72 milhão de conexões de banda larga fixa. Apesar de na região sul o número de usuários de internet ser bastante equilibrado entre os três estados, sempre há um “perdedor”, e neste caso Santa Catarina é que apresenta menos assinantes (1,01 milhão).


Pra finalizar, damos uma passadinha no Centro-Oeste. Por lá, os goianos são mais ligados à rede (730,5 mil). Enquanto que uma pouca diferença entre Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, deixa este último em pequena desvantagem, apresentando o menor número de clientes de banda larga fixa da região central do país (299,7 mil).


Mercado


Quando a questão é concorrência entre as empresas do setor, temos a Oi Velox como a única companhia de banda larga que mais perdeu clientes do que ganhou durante o mês de fevereiro. Foram -17.963 usuários perdidos em um único mês. Quem costuma fazer companhia para a Oi no campo dos que mais perdem clientes é a Telefônica/Vivo, mas neste mês a operação paulistana da empresa ganhou força e conseguiu adicionar 23.051 assinantes à sua base.


Quem também cresceu foi a NET/Embratel, que ganhou 61.982 novos consumidores no período. GVT (29.503), TIM (7.535) e Algar Telecom (2.405) também ajudaram o setor a crescer.


Depois de toda a movimentação de fevereiro, a NET/Embratel continua no topo da “cadeia alimentar” do setor de banda larga fixa brasileiro. O conglomerado controlado pela América Móvil fechou fevereiro com 7,65 milhões de clientes. O grupo é seguido pela Oi, com 6,52 milhões de usuários; Telefônica Vivo (4,09 milhões); GVT (3 milhões) e Algar Telecom (419 mil).


* O resultado de adições líquidas é calculado levando em conta o número de novos clientes que uma empresa conquistou, subtraído pelo número de perdas registradas no período analisado.


Leia também: Vivo Speedy e Oi Velox continuam perdendo clientes em 2015

                         Vivo é líder isolada em ganhos de clientes em janeiro

                         Pela primeira vez em 10 meses, Oi TV apresenta perda de clientes

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários