TIM Fiber já planeja vender serviços OTT

COMPARTILHAR:

A TIM Fiber avança em sua oferta de internet banda larga, se aproveitando da rede de fibra óptica instalada nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Diferentemente das concorrentes em FTTH, a operadora não precisa construir a rede toda.

Por outro lado, a TIM teria desvantagem pela ausência da oferta combinada de internet com TV, algo que tem elevado a penetração da banda larga fixa da NET, por exemplo, e segurado o número de acessos de telefonia fixa das concessionárias.

Mas, na visão de Rogerio Takanayagi, presidente daTIM Fiber, essa desvantagem é bem relativa e terá cada vez menor impacto no negócio. A companhia acredita que o entretenimento online (seja ele gratuito ou pago, como no caso de serviços Over The Top como Netflix e GoogleTV) tende a crescer. A própria empresa já tem em seu planejamento a oferta destes serviços (e Takyashi citou também a Sky) mas não de forma casada, reafirma o executivo.

Além disso, a regulação do setor no Brasil, que tem exigido maior transparência na oferta de combos e maior padronização, tende a favorecer a oferta de banda larga da TIM. A perspectiva da companhia é chegar ao final do ano com 170 mil assinantes, um salto em relação aos 10 mil usuários do serviço em 2012.
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários