Grande responsável no aumento das lucros da Embratel foi a NET

O lucro líquido Embratel dobrou em 2012 frente ao ano anterior, após a empresa do grupo mexicano América Móvil ter assumido o controle da Net Serviços em fevereiro do ano passado.

O resultado disparou 103,4%, para R$ 796,1 milhões, no fechado de 2012 sobre 2011, informou a Embratel na noite de terça-feira.

A receita líquida avançou 53,5%, para R$ 18,8 bilhões, enquanto a geração de caixa operacional medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) saltou 57,2%, a R$ 4,97 bilhões.

A Embratel Participações concluiu a aquisição do controle indireto da Net no primeiro trimestre de 2012, após a compra de mais de 1 milhão de ações da GB Empreendimentos e Participações.
Já em termos proforma, que consideram os resultados consolidados com a Net já para 2011 e 2012 para fins comparativos, a receita líquida cresceu 8,7%, a R$ 19,3 bilhões. O Ebitda somou, nessa mesma base, 5,11 bilhões de janeiro a dezembro, avanço de 8,5%.

Separadamente, a Net teve receita líquida de cerca de R$ 8 bilhões no ano passado, alta de 18,6% sobre 2011. O Ebitda da operadora avançou de 1,94 bilhão para R$ 2,23 bilhões, enquanto o lucro líquido subiu 5,5%, para 393,7 milhões.
A Net encerrou o ano com base de assinantes de TV paga em 5,4 milhões, alta de 13,8% em relação a 2011. Para banda larga, a base totalizou 5,5 milhões clientes, alta de 28,9%.
O número de linhas telefônicas em serviço da operadora ao final de 2012 somou 4,98 milhões e os investimentos foram de R$ 2,6 bilhões no ano passado.
Agora, o grupo América Móvil reportou o seu balanço do quarto trimestre de 2012, e apresentou queda nos lucros e receitas no último período do ano, comparado com o mesmo período de 2011. O grupo que controla no Brasil as operadoras Claro, NET e Embratel registrou no trimestre receitas de 198 bilhões de pesos mexicanos (queda de 1,1%) e lucro de 14,9 bilhões de pesos mexicanos (queda de 8,2%). No Brasil, as receitas totais das três operadoras somaram, no trimestre, R$ 7,927 bilhões, crescimento de 3,3%. No ano de 2012, o grupo faturou no Brasil R$ 30,717 bilhões, crescimento de 4,6% frente a 2011. O Ebitda (fluxo de caixa) do último trimestre, apresentou queda de 8,3%¨frente ao mesmo período de 2011, com R$ 1,638 bilhão contra R$ 1,787 bilhão de 4T11.
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários