InícioNotíciasQualidade é desafio das teles para 2013

Qualidade é desafio das teles para 2013

As operadoras de telefonia têm o desafio de oferecer serviços melhores aos clientes em 2013, sob o risco de sofrer novas intervenções da Anatel. Por má qualidade, TIM, Claro e Oi tiveram suas vendas suspensas por 11 dias, no fim de julho. A situação foi normalizada após o remanejamento de cerca de R$ 4 bilhões em seus planos de investimentos destinados à melhoria do serviço e do atendimento aos clientes até 2014. Especialistas consultados avaliam que o episódio da suspensão serviu de aprendizado às teles e acreditam ser pouco provável a repetição da punição em 2013.

“Acredito na melhoria dos serviços, mas isso não se dará da noite para o dia”, afirma a analista de telecomunicações Camila Saito. Ela ressalta que as teles precisarão, como contrapartida, seguir ampliando seus investimentos para conseguir entregar uma efetiva melhoria. Um levantamento da Tendências estima que as teles devem investir R$ 70 bilhões até 2015. Os gastos serão destinados à qualidade dos serviços e à construção, modernização e expansão das redes de infraestrutura, com foco no 3G, 4G e fibra ótica. “As empresas vão ter que cumprir os planos de investimentos, sob o risco de uma nova intervenção da Anatel”, ressalta Camila.

Como noticiamos agora a pouco as operadoras pretendem neste ano a buscar clientes mais rentáveis, ou seja, investirão mais em atrair novos clientes pós-pago e poderão aumentar um pouco os valores das recargas e tarifas para os clientes pré-pago.


Redação Minha Operadora
O mais acessado site de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil. Mais de 17 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas vistas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários