Receitas da Claro caem no trimestre

Se os resultados da Embratel e NET foram melhores do que o esperado, também ajudados pela variação cambial, o desempenho operacional da Claro no Brasil foi um dos piores entre as inúmeras operadoras da holding América Móvil na América Latina. A Claro Brasil teve uma queda de receitas de 6% em relação ao mesmo período do ano passado, registrando faturamento de R$ 3 bilhões, contra R$ 3,29 bilhões do terceiro trimestre de 2011. A companhia atribui este desempenho à “queda da economia, redução do preço da taxa de interconexão, queda nas tarifas de longa distância, e competição mais intensa”. Neste período houve também os 15 dias de proibição de vendas de celular, estabelecido pela Anatel.
Com as três operações brasileiras (Embratel, NET e Claro) o grupo apurou no Brasil receitas de R$ 7,6 bilhões, com um sensível crescimento das receitas de TV paga e telefonia fixa. O EBITDA (fluxo de caixa) das empresas brasileiras do grupo também caiu 2,1%, para R$ 1,83 bilhão, contra R$ 1,87 bilhão de igual período de 2011.

No trimestre, a Claro somou 481 mil clientes à base e 3,1 milhões nos nove primeiros meses do ano, com um total de 63,4 milhões de clientes. O grupo já tem 91 milhões de acessos no Brasil, quase o mesmo número de clientes no país-sede da América Móvil, o México.

O resultado operacional de todo o grupo foi de 192,8 bilhões de pesos mexicanos; 318 milhões de acessos, dos quais 255,9 milhões móveis. O EBITDA alcançou 66,2 bilhões de pesos mexicanos e a margem de 34,4%. Os lucros operacionais alcançaram 30,5 bilhões de pesos e o Capex, 40,5 bilhões de pesos, sensivel aumento justificado pelas aquisições na Europa (a AMx comprou mais de 20% das ações a Austria Telecom) e no Caribe.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários