TIM, Oi e Claro de volta!

Juntas, teles terão que investir mais de R$20 bilhões
As operadoras TIM, Claro e Oi poderão voltar a comercializar novos planos de telefonia móvel a partir desta sexta-feira, após a Anatel ter levantado a suspensão imposta há duas semanas pela má qualidade na prestação de serviços.

A Anatel considerou satisfatórios os planos de melhorias apresentados pelas empresas, e por isso suspendeu a proibição de venda de novas linhas em vigor desde o dia 23 de julho.

O órgão regulador, porém, disse que irá revisar os planos de melhorias das operadoras trimestralmente, inclusive de Vivo, CTBC e Sercomtel, que não tiveram as vendas suspensas, e poderá determinar novas suspensões caso as medidas das empresas sejam ineficazes.

“Esse plano de melhorias é um primeiro passo. Ficaremos acompanhando as melhorias nos serviços de rede. Um acompanhamento fino”, afirmou o presidente da Anatel, João Rezende, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

O órgão regulador estimou que problemas nos call centers das operadoras serão resolvidos em 30 dias, e que as melhorias nas redes podem acontecer entre 4 e 6 meses.

“Estamos cientes que o serviço não vai melhorar amanhã, mas nos call centers, é possível resolver no curtíssimo prazo”, ressaltou Rezende.

O superintendente de Serviços Privados da Anatel, Bruno Ramos, disse que na primeira revisão trimestral dos planos, em novembro, a Anatel vai cobrar das empresas um “viés de melhora”.

A Anatel estima que as três empresas punidas investirão R$ 20 bilhões no triênio 2012-2014. Deste total, Rezende estimou que 4 bilhões de reais referem-se ao cumprimento das exigências de qualidade.

Segundo a agência, esses 4 bilhões de reais dividem-se entre recursos adicionais, antecipações ou remanejamentos de investimentos já programados.

As três operadoras ficaram sem poder vender novas linhas do dia 23 de julho até esta quinta-feira, em diversos Estados do país. A punição mais severa ocorreu com a TIM, que teve as vendas suspensas em 18 Estados, mais o Distrito Federal.

As ações da empresa, que desabaram mais de 8 por cento no pregão seguinte ao anúncio da punição, demonstraram certa recuperação nesta sessão após notícia da Reuters de que o fim das punições seria anunciado ainda nesta quinta-feira.

O papel teve ganhos de 3,57 por cento, a 9,00 reais, enquanto o Ibovespa caiu 1,37 por cento.

A Claro teve as vendas suspensas em três Estados, entre eles São Paulo, mercado com o maior número de usuários. Já a Oi foi suspensa em cinco Estados.

Segundo a Anatel, a TIM programou investimentos totais de 8,2 bilhões de reais até 2014; a Claro, de 6,3 bilhões de reais e a Oi, de 5,5 bilhões de reais.

Em nota enviada à imprensa nesta quinta-feira, a Claro afirmou que irá melhorar o atendimento e oferecer a capacidade necessária para atender a demanda durante a Copa do Mundo e as Olimpíadas no Brasil.

“Após esta liberação, a Claro espera retomar rapidamente sua posição nestes mercados e dar continuidade a sua estratégia de oferecer a melhor tecnologia”, afirmou a empresa do grupo América Móvil, do bilionário mexicano Carlos Slim.

Já a Oi reiterou “o compromisso com a evolução da qualidade do atendimento dos serviços de telefonia celular no Brasil”. A operadora disse que irá investir 24 bilhões de reais no período de 2012 a 2015.

“A Oi informa que, a partir de amanhã (sexta-feira), suas lojas e demais pontos de venda, nos cinco estados onde vigorava a suspensão, vão funcionar normalmente.”

Em comunicado ao mercado, a TIM afirmou que está desenvolvendo um conjunto de projetos de infraestrutura para prestação de serviços aos clientes, “suportando o crescimento e capturando as oportunidades que o mercado oferece”.

“No Plano de Ação enviado a Anatel, destacamos entre outros fatores, o desenvolvimento projetado para a Rede, aumento de 75% da capacidade da rede de voz, e melhoria no atendimento”, disse a TIM no documento.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários