Claro pretende manter no 4G os mesmos fornecedores do 3G

Os contratos ainda não estão assinados (o que deve acontecer amanhã), mas tudo indica que a Claro vai manter como fornecedores de sua rede de 4G as mesmas empresas de sua infraestrutura de 3G: Ericsson, Huawei e Nokia Siemens. A divisão geográfica da rede de acesso também deve ser preservada: a Ericsson ficará com os estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, além do interior de São Paulo; a Nokia Siemens, com parte do Nordeste e o Norte do País; e a Huawei, com o resto. Fontes comentam, contudo, que ainda pode haver mudanças na capital paulista, hoje atendida pela Huawei no 3G e pela Nokia Siemens no 2G. O core da rede deve ser mantido com os mesmos fornecedores atuais: Ericsson e Nokia Siemens.

Na coletiva de imprensa sobre as primeiras três cidades com 4G, realizada nesta quarta-feira, 22, o presidente da Claro, Carlos Zenteno, confirmou a escolha da Ericsson para os estados do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.

A tele foi a primeira a lançar sua RFP (request for proposals) para 4G, conforme adiantado aqui no Portal #Minha Operadora, e, consequentemente, foi a primeira a definir seus fornecedores. As demais operadoras ainda estão em processo de escolha. A expectativa é de que os nomes sejam conhecidos até o fim de setembro.

COMPARTILHAR EM:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários