Vivo ainda desrespeita a lei do Call Center

Passados mais de três anos, da entrada em vigor do decreto que regulamenta o funcionamento do Serviço de Atendimento ao Consumidor (conhecido como Call Center), a operadora de telefonia celular Vivo ainda não se enquadrou à exigência que define o tempo máximo de um minuto para que o cliente seja atendido por um atendente, ao solicitar informações via telefone. Uma cliente da empresa enviou um e-mail para o nosso Portal reclamando que, no domingo (26), ficou mais de 20 minutos pendurada ao telefone, esperando para ser atendida. E olhe que ela ligou pela manhã, período em que, teoricamente, a demanda pelo atendimento seria menor.

A cliente relata que o que aconteceu não foi um caso isolado. Segundo ela, a demora no atendimento é habitual. “Finalmente, depois do atendimento, o cliente ainda tem que ouvir o pedido da Vivo, que solicita ao cliente que avalie o serviço, com nota de 0 a 10 pelo atendimento”, ironizou.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Anônimo

A VIVO piotou MUTO de um tempo pra cá. Efeito TELECÔMICA ???