Para Net e Embratel, compartilhar redes de TV paga é inviável

As contribuições para a consulta pública da proposta de regulamento para o Serviço de Acesso Condicionado, cujo prazo de comentários se encerrou nesta sexta, 3, mostraram, de um lado, uma grande preocupação das teles sobre o compartilhamento das redes de telecomunicações, prevista na minuta da Anatel. Para as teles, esse compartilhamento só deve se dar a título oneroso e desde que seja tecnicamente viável, o que parece não estar claro na forma como a Anatel redigiu o regulamento.

Para os atuais operadores de TV por assinatura, contudo, o compartilhamento de redes de cabo é simplesmente inviável. Tanto a Net quanto a Embratel foram diretas ao dizer que dada a arquitetura das redes de TV a cabo, o compartilhamento é impossível.



As operadoras também questionaram a possibilidade de abertura das redes para set-tops adquiridos diretamente no mercado varejista. Segundo elas, isso é inviável economicamente pois requer uma complicada adaptação técnica, e sugerem que a Anatel só exija a abertura a set-tops que as próprias operadoras ofereçam ao varejo, para assegurar a compatibilidade técnica.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários