Muita atenção! Fabricantes de celulares erram e antecipam fim do horário de verão

Para alguns usuários de celulares, o horário de verão no Brasil já terminou, pelo menos de acordo com o relógio dos smartphones deles. Eles foram surpreendidos no último final de semana, quando seus terminais foram atrasados em uma hora. Oficialmente, essa mudança acontecerá a partir da zero hora do próximo domingo (26/02).



Essa alteração aconteceu por causa de um bug no sistema de alguns fabricantes de smartphones, que antecipou o fim do horário de verão do Brasil em uma semana. Entre os aparelhos que apresentaram o problema estão modelos da linha BlackBerry da Research in Motion (RIM) e da marca Nokia.
Quando acordaram no último domingo (19/02) com o relógio de seus celulares atrasados em uma hora, os usuários acharam que o problema era da operadora. O erro foi constatado por assinantes da Claro, TIM e Vivo.
A Vivo confirmou o bug em alguns modelos de BlackBerry e informou que desde o último sábado (18/02), terminais da fabricante canadense apresentam atraso no relógio em função da falta de sincronismo entre o horário de verão e servidores do fabricante do equipamento.
A operadora recomenda aos consumidores desses aparelhos que ajustem o relógio do aparelho manualmente. Os que tiverem dificuldades devem entrar em contato com a central de atendimento da Vivo pelo *8486 para pedir ajuda,
A Claro informou por meio de sua assessoria de imprensa que não há nenhum problema com a rede da operadora. Mas alguns aparelhos que estejam configurados para fazer a troca automática do horário de verão podem ter tido esse tipo de problema.
Já a TIM não respondeu ao nosso pedido de comentário referente ao ocorrido.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários