Claro vai investir R$ 3,5 bilhões no Brasil no ano que vem

COMPARTILHAR:

Perucci quer disseminar os smartphonesPerucci quer disseminar os smartphones

 
Somando 4,4 milhões de clientes no
Rio Grande do Sul, com uma participação de 32,26% de mar-ket share no
Estado, a Claro finaliza o ano cobrindo 374 cidades gaúchas, sendo 73
com tecnologia 3G. No decorrer de 2011, a empresa levou cobertura 3G a
27 municípios gaúchos, onde construiu 4,7 mil quilômetros de fibra
ótica, de um total de 89 mil quilômetros de rede de transmissão própria
3G em todo Brasil. Para 2012, a operadora projeta investimentos de R$
3,5 bilhões em território nacional, previstos para serem aplicados em
ampliação de rede e na conquista de novos mercados.

Até o final
deste ano, a empresa pretende cobrir mais de 100 municípios no Estado
com tecnologia 3G. De acordo com o diretor regional da Claro para o Rio
Grande do Sul, Mauricio Perucci, foram abertas mais de 50 lojas
parceiras em 2011 no Estado, onde a empresa tem 350 agentes autorizados e
20 lojas próprias.

Nos últimos dois anos, a venda de
smartphones em território gaúcho teve uma repercussão surpreendente,
segundo Perucci, que destaca a aproximação de outros perfis de usuários
da marca, alcançando a demanda do empresariado, segmento que aderiu à
novidade com mais peso em 2009. “Tivemos um crescimento de 570% das
vendas deste aparelho no último trimestre, em comparação ao mesmo
período do ano passado”, ressalta, afirmando que os smartphones caíram
no gosto da população, principalmente pela facilidade de acesso à
internet, onde as redes sociais são o principal atrativo.

A
estratégia da empresa para 2012 está focada em tornar os smartphones
cada vez mais acessíveis. Para tanto, a operadora fecha 2011 investindo
em ofertas, como a promoção especial Claro Ilimitado, voltada para os
clientes pós-pagos no Plano Sob Medida. No pacote de minutos locais e de
longa distância, com o uso do código 21 da Embratel, o cliente paga o
valor fixo de R$ 29,90 por mês, podendo ligar para telefones da mesma
operadora sem custos adicionais. A promoção visa a acompanhar ofertas
semelhantes da concorrência. “Os planos ilimitados são uma exigência do
consumidor, por isso as operadoras estão migrando para este segmento”,
justifica. Ele lembra que a disputa de mercado é uma forma de agregar
serviços e valores, “para que se mantenha a base de consumidores e
também se conquiste clientes de outras operadoras”.

Perucci
destaca que no Estado a participação de clientes pós-pagos é alta em
todas as operadoras de telefonia celular, representando 26,26% dos
usuários deste segmento no Brasil. Também na Claro, 26,50% dos clientes
são do segmento pós-pago. “Continuamos crescendo não só no Rio Grande do
Sul, mas no Brasil inteiro”, ressalta o executivo, revelando otimismo
em relação ao faturamento da marca, e lembrando que o grupo América
Móvil, proprietário das empresas Claro, Embratel e Net, também deverá
investir mais de R$ 10 bilhões em todo o País durante 2012.

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários