Prazo de pagamento adiado



Três das principais operadoras de telefonia celular do Brasil, OI, TIM e Claro, declararam ontem que estão adiando a data de vencimento das faturas de seus clientes que possuem contas pós-pago (de linha).

As decisões visam a paralisação dos bancos, que têm dificultado o pagamento nas agências, e a greve dos funcionários dos Correios, que, mesmo tendo seu término decretado ontem pela Justiça, foi responsável pelo atraso da entrega de contas.

No caso da Vivo, o adiamento não foi oferecido.

Para a operadora, a opção se dá em razão das várias alternativas que existem para pagar dentro do prazo, como pela internet, por exemplo. Os que ainda quiserem efetuar o pagamento com a fatura impressa podem dirigir-se à loja mais próxima, com o número do CPF ou da linha, e solicitar a um atendente uma segunda via.

Operadoras
A Tim, que possui a liderança do mercado local, com cerca de 35% dos consumidores de telefonia celular do Ceará, adiou o vencimento das faturas de seus clientes pós-pago por mais cinco dias. No caso da Oi, detentora da segunda colocação, com 34% do mercado, o adiamento também foi adotado, porém, a quantidade de dias não foi especificada. O que a operadora garantiu é que isso não será negociado individualmente com cada cliente. Aqueles que contratam os serviços da Claro, a terceira do Estado, com 23% das linhas, e possuem contas com vencimento no dia 5 de todo mês, tiveram até o dia 7 para pagar. Para outras datas, a operadora, por enquanto, ainda não anunciou nenhum adiamento. Apesar das facilidades, nem todas as empresas tem orientado seus clientes sobre como devem proceder. Das quatro citadas, com atuação no Ceará, apenas a Claro admitiu não estar avisando seus consumidores das opções existentes. As outras tem mandado mensagens de texto com avisos de atrasos das contas e a sequência de números das faturas, para que o cliente possa fazer o pagamento através do site do seu banco ou do caixa eletrônico da agência. A opção de imprimir uma segunda via pelo site da operadora é oferecida por todas.

Situação das greves
Sem perspectiva de acordo, a greve dos bancários teve ontem forte adesão nos centros administrativos, os cérebros das instituições financeiras. O movimento, que chegou hoje ao 16º dia, é o mais longo desde 2004, quando chegou a 30 dias. Até as 18 horas, a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT)contabilizou a paralisação de 9.165 agências.

Na tarde de ontem, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) decretou o fim da greve dos funcionários dos Correios, por considerá-la abusiva.

Postergado
5 dias depois da data de vencimento do cliente foi o maior prazo oferecido por uma operadora.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários