DENÚNCIA: Operadora Claro bloqueia uso de chip Pré-Pago em Tablets e desrespeita a legislação

Operadora de celular Claro está bloqueando o uso de internet pré-paga nos tablets, que custa no máximo 15 reais por mês, para vender planos pós-pagos específicos para os equipamentos, que custam, em média, 50 reais mensais. A prática desrespeita as normas da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e o Código de Defesa do Consumidor. 

Em lojas das quatro maiores operadoras de telefonia móvel – Claro, Oi TIM e Vivo – em Brasília, a informação dos vendedores é de que as ofertas de internet pré-paga foram bloqueadas para tablets e que agora só valiam para celulares e smartphones. Para tablets e modems 3G, era necessário adquirir um plano pós-pago, que custa bem mais caro. Nos call centers, o discurso foi o mesmo.

Foi feito teste com chips das quatro operadoras no iPad e foi constatado que a Claro está desrespeitando a legislação. No caso da TIM, Oi e da Vivo, apesar das restrições dos atendentes, o serviço funcionou.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários