segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Em busca de modernização, Oi promove dança das cadeiras

O que você achou? 
Nova "Diretoria de Estratégia e Transformação do Negócio" busca digitalizar todas as operações da Oi.


A Oi está movimentando os seus executivos de diversos setores num claro sinal de que do jeito que as coisas estão não podem continuar. Para ver se consegue dar uma nova guinada nas operações da empresa, o Conselho de Administração promoveu mudanças de cargos.

Diretor de Relações Institucionais e Regulamentação, Carlos Aragão, agora aposentado, foi substituído por Carlos Eduardo Medeiros. Ainda na área institucional da operadora, outro executivo foi removido da companhia, Carlos Cidade, responsável pelo setor de Política Regulatória e Setorial. Agora quem senta na sua cadeira é Roberto Blois, diretor de assuntos regulatórios.


Área criada

Foi criada uma nova diretoria: Estratégia e Transformação do Negócio, agora sob a direção de Maurício Vergani. O foco é deixar o processo de digitalização da Oi mais rápido. Segundo o site TeleSíntese, a empresa pretende entrar de cabeça no mundo digital, desenvolvendo aplicativos e ações mais tecnológicas, acompanhando companhias aéreas e até mesmo os bancos, passo importante para a operadora se integrar ao novo modelo de pagamento, pelo celular, por exemplo.

Maurício Vergani, que deixou o setor corporativo (planos e serviços empresariais) para assumir essa nova diretoria, teve o seu lugar ocupado por Cátia Tokoro, antes diretora de marketing B2B (comércio eletrônico entre empresas) da Oi.

Num momento muito quente no setor político, podemos fazer uma comparação com as cadeiras ocupadas do Governo Federal, por exemplo. Quando algo não vai bem, é natural que o Presidente da República remova ministros, corte pastas sem tanta utilidade e crie outras de maior importância. O atual presidente (CEO) da Oi, Bayard Gontijo, busca essa reestruturação para tentar fazer a Oi crescer novamente. Será que vai dar certo?

Leia também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário