11/07/2024

Vivo promete ampliar 5G em Minas Gerais e corrigir falhas de conexão

Executivo da Vivo em Minas Gerais falou sobre expectativas da operadora no estado tanto para crescimento de rede, quanto para ajustes.

A Vivo planeja ampliar o sinal 5G para 159 bairros de Belo Horizonte até o final do ano, aumentando significativamente sua cobertura atual de 83 endereços na cidade. Além disso, está focada em resolver problemas de conexão que têm sido motivo de críticas por parte dos clientes na capital mineira.

Renato Gomes, diretor da Vivo em Minas Gerais, afirma que a empresa possui mais de 13,1 milhões de acessos de celular no estado. Além disso, a infraestrutura de fibra está disponível em 2,5 milhões de residências em 73 cidades mineiras, incluindo mais de 570 mil em Belo Horizonte.

Até o final do ano, a Vivo planeja expandir a cobertura de fibra para aproximadamente 700 mil domicílios na capital e para mais de 2,6 milhões em todo o estado. 

Gomes também enfatizou que a Vivo está cumprindo os prazos estabelecidos pela Anatel para a implantação do 5G, com promessas de superar as expectativas em termos de desempenho, citando benefícios como menor latência e maior eficiência na rede.

“Nós estamos cumprindo os prazos da Anatel (para implantação do 5G) e vamos entregar muito mais do que está previsto em termos de obrigação. A latência do 5G é muito menor, o tempo de resposta é muito rápido e, com isso, acaba ocupando menos os elementos de rede e isso melhora a experiência como um todo”.

Renato também comentou que as falhas de conexão em Belo Horizonte nos últimos meses foram causadas por vandalismo e furto de cabos. Ele destacou que o problema impactou não apenas as redes de telecomunicações, mas também outros setores. Apesar de não ser de rápida recuperação, Renato mencionou que a situação já está melhorando, com uma redução significativa nas reclamações.

“Não afetou somente as redes de telecom, mas também de outros segmentos. Não é um processo de recuperação rápida, mas foi uma crise, um problema que não permanece e já estamos vendo redução significativa (das reclamações)”.

O diretor explicou que investimentos foram feitos para resolver o problema, incluindo o aumento no número de concentradores de rede, que passaram de três para 12. Anteriormente, a rede de Belo Horizonte estava dividida em três concentradores, o que resultava em distâncias longas na malha de rede e impactava muitos clientes. Com a redução das rotas, a proteção e a qualidade para os clientes foram significativamente melhoradas.

A Vivo destaca que tem presença em 848 dos 853 municípios de Minas Gerais, cobrindo 99,9% da população com tecnologias de conexão que incluem 3G, 4G, 4,5G e 5G. A empresa planeja expandir o 5G para 54 municípios até o final do ano, enquanto atualmente está disponível em 16 cidades. 

A operadora está presente em Minas Gerais desde 2007, quando adquiriu a Telemig Celular, e atualmente detém 53% do mercado no estado, abrangendo telefonia móvel, residencial e comercial.

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários