11/07/2024

Febraban estuda recurso que facilita devolução do Pix em caso de golpe

Febraban está junto com Banco Central na busca por uma solução que reflita uma segurança maior para os consumidores.

A Febraban e o Banco Central estão discutindo melhorias para o Mecanismo Especial de Devolução (MED) do Pix, focado em facilitar a devolução de recursos em casos de fraudes. O projeto, chamado MED 2.0, foi proposto pela Febraban e será desenvolvido entre 2024 e 2025, com previsão de implantação em 2026.

A Febraban explica que com o Mecanismo de Devolução (MED), clientes podem reportar fraudes, golpes ou crimes em transações Pix até 80 dias após sua realização. Ao registrar a reclamação, os fundos são bloqueados na conta do recebedor para investigação. Se confirmada a fraude, os recursos são devolvidos à vítima, sujeitos à disponibilidade de fundos na conta do fraudador.

A Febraban propôs ao Banco Central uma atualização no processo de bloqueio de valores relacionados a devoluções no Pix. Anteriormente, apenas a primeira conta recebedora podia ser bloqueada.

Agora, o Banco Central concordou em permitir o bloqueio até outras camadas de triangulação do recurso, visando reduzir fraudes e golpes que utilizam o Pix.

Walter Faria, diretor-adjunto de Serviços da Febraban, vê o MED 2.0 como um avanço crucial na prevenção e combate a essas práticas, facilitando o bloqueio e recuperação de valores.

“Já observamos que os criminosos espalham o dinheiro proveniente de golpes e crimes em várias contas de forma muito rápida e, por isso, é importante aprimorar o sistema para que ele atinja mais camadas. A Febraban acredita que o MED 2.0 será um grande avanço para a prevenção e combate a golpes e fraudes e possibilitará também maior êxito no bloqueio e recuperação de valores”.

Faria recomenda que, ao identificar um golpe, o cliente deve contatar imediatamente seu banco para ativar o mecanismo de monitoramento e aumentar as chances de recuperar os valores perdidos. Ele enfatiza a necessidade do MED se modernizar continuamente para superar os criminosos.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários