12/06/2024

SescTV é integrado ao streaming da Soul TV que atua em 197 países

Por meio do canal, a plataforma gratuita dá espaço para documentários, filmes, espetáculos, muita arte e reflexão.

Nesta segunda-feira (27), o SescTV passou a integrar a grade de canais da Soul TV, plataforma gratuita e interativa de canais de TV, que possui mais de 480 mil usuários em 197 países. O objetivo é ampliar uma programação com diversidade, uma vez que o SescTV traz uma gama de conteúdos, dando espaço para documentários, filmes, espetáculos, muita arte e reflexão.

Foto: Reprodução

O canal de televisão brasileiro conta com uma programação cultural com foco em documentários, apresentações musicais e debates nas áreas de teatro, dança, literatura, cinema, artes visuais, cultura regional e arquitetura.

Ricardo Godoy, CEO da Soul TV, fala da importância de integrar o canal de tv na grande da plataforma. “O SescTV tem conteúdos destinados a todos os públicos e busca estimular o pensamento crítico e nutrir a imaginação, tendo como objetivo levar o acesso de conteúdos culturais e inovação artística para toda sociedade, enriquecendo vidas através de experiências que ampliam horizontes, despertam emoções e promovem diálogos significativos na nossa sociedade“.

O SescTV busca democratizar o acesso de conteúdos e inovação artística, somando-se a modelos de ação cultural no âmbito socioeducativo. Destinado a todos os públicos, em diversas faixas etárias e estratos sociais, busca valorizar a reflexão por meio de expressões e modos diversos de pensar, agir e sentir. A missão do SescTV é ser um potente recurso agregador à transformação social.

O SescTV pode ser assistido por meio de diversos suportes de mídia, incluindo vídeo sob demanda no site do canal, assim como em operadoras de TV por assinatura, em várias regiões do País. É um serviço gratuito e sem necessidade de cadastro.

Há mais de 20 anos no ar, o SescTV vem com a intenção de cada vez mais ficar próximo das novas tecnologias. “Esse é um importante passo para eles, pois cada vez mais o streaming tem angariado usuários no mundo. Você não precisa ter uma antena parabólica ou assinar canais a cabo, basta ter uma internet e acessar de qualquer lugar do mundo”, finaliza o CEO.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários