20/04/2024

Atualização do Windows sem reiniciar o computador? Essa possibilidade está próxima

Rumores sugerem que em breve será possível atualizar o Windows sem a necessidade de reiniciar o sistema operacional.

De acordo com informações divulgadas pelo Windows Central, a Microsoft está possivelmente desenvolvendo uma solução que impactará as atualizações futuras do Windows 11. A novidade em questão consiste em um recurso que permitiria aos usuários evitar a necessidade de reiniciar seus computadores ou notebooks após a instalação de uma atualização.

Windows

Se os boatos divulgados pelo portal forem confirmados, espera-se que essa funcionalidade seja disponibilizada ainda este ano. Internamente, ela está sendo chamada de “hot patching” e já está em fase de testes. A proposta é implementar esse recurso já com a chegada da atualização do Windows 11 24H2, que a Microsoft já confirmou não ser o Windows 12.

O termo “hot patching” refere-se a uma técnica utilizada na tecnologia que permite aplicar correções ou atualizações em um sistema em tempo real, ou seja, sem a necessidade de reiniciar o sistema para que as mudanças entrem em vigor. Embora essa prática não seja nova, já sendo empregada pela Microsoft em outros sistemas operacionais como o Windows Server e os consoles Xbox, ainda não é comumente disponível para usuários de PCs e notebooks.

A implementação do hot patching oferece uma série de benefícios significativos. Primeiramente, elimina a necessidade de interromper as operações em um sistema para aplicar atualizações, o que pode ser crucial em ambientes onde a disponibilidade contínua é essencial, como em servidores de missão crítica ou em dispositivos de uso constante, como laptops. Além disso, ao evitar a reinicialização do sistema, o hot patching reduz o tempo de inatividade e interrupção do trabalho dos usuários, aumentando a eficiência e a produtividade.

Portanto, a possibilidade de incorporar o hot patching em sistemas operacionais de desktops e notebooks seria bem-vinda pelos usuários, uma vez que proporcionaria uma experiência mais fluida e conveniente, além de contribuir para a segurança e estabilidade do sistema, garantindo que as correções e atualizações sejam aplicadas de forma rápida e eficaz, sem prejudicar a continuidade das operações.

O processo mencionado envolve a atualização do código presente na memória de um programa que está em execução. Para assegurar que essa atualização seja eficaz e segura, a Microsoft planeja adotar as atualizações cumulativas como ponto de partida.

Essas atualizações cumulativas servem para preparar o sistema operacional para receber futuras atualizações de segurança de forma direta, sem a necessidade de reinicializações. Isso significa que o sistema será capaz de integrar as correções e melhorias de segurança de forma contínua, sem interromper as operações em andamento. Essa abordagem visa garantir tanto a eficiência quanto a proteção dos sistemas contra potenciais vulnerabilidades, minimizando os períodos de inatividade e otimizando a segurança geral do ambiente de computação.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários